quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Fizemos o que a maioria não fez

Após mais uma rodada cheia pela Copa do Brasil, já dá para a gente observar algumas coisas interessantes.

Alguns "favoritos" começaram com bastante dificuldade. O Fluminense empatou com o Confiança, em Sergipe. O Santos pariu uma bigorna pra arrancar uma vitória de 1 a 0 contra o Naviraiense, no Mato Grosso do Sul. Ambos jogavam completos, o que significa Fred, Conca, Robinho, Neymar e todo o resto em campo. Ambos serão obrigados a fazer o jogo de volta.

Apenas o Atlético/MG confirmou e tocou uma sacola no Juventus do Acre, com direito a 5 gols do Obina. Eliminou o segundo jogo com honras.

Lembro que, na rodada anterior, Palmeiras e Vasco já tinham se complicado e não conseguiram matar a questão na primeira partida. O Botafogo fez pior, perdendo para o São Raimundo no Pará.

Isso resolve os problemas e ajustes que Silas precisa fazer no time do Grêmio? Não. Mas espero que, ao menos, acalme os mais afoitos em reclamar de tudo, achando que as gramas dos vizinhos estão sempre mais verde do que a nossa. Um voto de confiança em quem está aí e um pouco de paciência, é só o que eu peço à nação tricolor. Esta Copa será nossa, mais uma vez.

5 comentários:

Minwer disse...

Mas o Acre existe? ;)

Miguel disse...

Obina já esgotou a cota de gols dele pro ano inteiro. hahaha

..... disse...

Como já disse um conhecido dirigente azul, é todo mundo japonês nesse torneio. E confio no taco do Grêmio. Que venha o Votoraty!

Saludos,
Fagner

..... disse...

Passando para o Gauchão, uma outra pauta para o Blog: no final do domingo o tricolor terá jogado pela sétima vez no Olímpico. E vai ser a terceira vez que o Simon apita (São José, Caxias e Novo Hamburgo). Os outros apitaram apenas uma vez: Vuaden, o Gaciba,o Fabrício Correa e o Márcio Coruja.

Por que será que a FGF põe tantas vezes o Simon nos nossos jogos em casa depois de tantas reclamações que fazemos sobre esse cara? Os dois jogos que ele apitou esse ano foram os que eu mais saí rouco de tanto xingar esse infeliz: um gol sonegado contra o Caxias (quela bola entrou MUITO) e um pênalti ridículo não marcado contra o Zequinha.

Será que não tem mais ninguém lá?

Saludos,
Fagner

..... disse...

Ah, e mais uma pra os olhadores de futebol que pairam pelo Olímpico: alguém viu o passe do Tcheco pro primeiro gol do Corínthians? Já repararam que uma boa parte dos gols deles tem passado pelos pés do velho aposentado e lento?

Saludos,
Fagner