segunda-feira, 15 de março de 2010

Igualzito ao Pai

Apesar dos 3x0 em cima do MEDÍOCRE Inter-SM, o Grêmio não mostrou um bom futebol novamente. Tivemos como destaques Maylson (filho de Mayl), que pede seu lugar no time titular, e da gurizada da Azenha, que tá dando AULA de como que um garoto da base deve se comportar. Ao contrário de alguns por aí, cada GRANDE CLUBE tem seus guris de base que merece.

Ergue-ei as mã-ãos...

Quem ganhou o jogo de ontem foi a base. Foram os FILHOTES. Filhotes estes que muitos acham que devem ser menosprezados, ou escanteados, ou apenas usados em momentos de necessidade. Negativo! Sem eles nós perdemos a essência do gremismo. É da base que nasce o jogador com amor a camisa pelo clube de infância, ser este tão raro atualmente no mundo do futebol. Sem falar que é o desafogo para as finanças do clube.

Ontem, Maylson foi O CARA. Correu, batalhou, driblou, acertou e errou. Mas não desistiu. E é isso que o verdadeiro jogador de alma tricolor, alma imortal, deve ter na cabeça. O jogo só acaba quando o juiz apita. Foi um piá que quando passa podemos falar que saiu igualzito ao pai.

Adilson (filho de Adil) voltou a mostrar um futebol consistente, mordendo minha língua. Vai ver também porque Rochemback não mostrou a que veio AINDA. Então, se não tem outro, vai tu mesmo. E Adílson está merecendo, juntamente com William Magrão, outro que saiu igualzito ao véio, uma chance no time titular.

Bergson (Filho de Berg) e Fernando entraram ao final do jogo. Bergson meteu uma nas canetas de um dos coloradinhos que ele deve estar até agora lá no Monumental procurando a bola juntamente com os quero-queros. Fernando entrou muito bem e fez gol, mesmo esta não sendo sua função. Outro que nos remete ao título deste cafeinado post. O guri tem personalidade. Vai dar aulas de carrinho e marcação pro seu QUASE homônimo.

A foto é do ClicRBS.

3 comentários:

Sandro disse...

Acho que o pessoal tá por fora das etimologias germânicas... mas a sacadinha foi bem divertida.
Que venham os Putason colorados.

Arthur disse...

Não achei que o Grêmio foi tão ruim assim, pelo contrário, foi uma das partidas mais consistentes do ano.

O meio-campo foi bem combativo, a defesa foi firme, e o ataque até que produziu. Até o Ferdinando jogou bem.

A parte ruim foi que perdemos muitos gols, mas se tivéssemos feito metade dos que perdemos, teria sido uns 5 ou 6x0.

Por mim, esse time que jogou hoje é praticamente o time ideal, falta só o Borges ali no lugar do William.

Miguel disse...

Também gostei de outro dos jogadores nórdigcos do Grêmio, o filho de Edil(o Edílson). Parece que, conforme ele for ficando mais a vontade em campo, nós teremos FINALMENTE um lateral direito de ofício que seja, no mínimo, decente.