quinta-feira, 21 de julho de 2011

Futebolzinho flácido, pra virar futebol, pra virar futebolão

Não acho que o Grêmio perdeu tempo nesses 10 dias passados até o jogo de ontem, só acho que foi pouco tempo.

Nitidamente a defesa melhorou. Temos que notar uma coisa de VULTO nisso tudo: o Julinho não é o Renato, que gosta de organizar o time da frente pra trás, e sim o contrário. Discordo do Julinho em alguns pontos, porém, a PRERROGATIVA de jogo tem que ser essa pra enfrentamentos fora de casa: jogar fechado e sair no contragolpe. Essa foi a proposta do Grêmio ontem, e que infelizmente não funcionou. E não funcionou porque? Porque 10 dias não foram o suficiente pra acertar essa transição DEFESA x ATAQUE, ainda mais com rapidez.

Creio que tudo vá melhorar, afinal, sou um OTIMISTA CONVICTO, as vezes até ufanista. Porém, invariavelmente realista. Se o Grêmio tivesse mal defensivamente, eu estaria EXCOMUNGANDO Fofinho Camargo, desde a ZERO HORA de hoje. Mas não. Eu vi, senhoras e senhores, um Grêmio que finalmente tem uma proposta de jogo pra dentro do adversário. Basta treinar melhor isso.

Agora, os pontos que acho que Julinho está errando: Rafael "Centroavante" Marques deve ser RELEGADO à reserva. A zaga tem que ser Saimon e Mário Loco. Sem essa de que precisamos de experiência e o DIABO À QUATRO, precisamos é de gente boa ali atrás. E esses dois pra mim são os melhores zagueiros que temos. Na meia, e na volância, acho que é isso. André Lima precisa aprender a dominar uma bola antes do MARKETING PESSOAL. E vai tirar esse nº 99 das costas, egocêntrico. Leandro, como era de se esperar, afundou no jogo, sentindo o peso. Em casa ele é tão mais natural, expontâneo. Defendo a entrada do Miralles (mesmo que não tenha feito NADA ontem) pros jogos fora de casa.

Agora, uma coisa o Julinho não pode fazer: os caras entram MAL em campo. Douglas ontem deve ter ficado no HOTEL, só entrando pra dar dois toques na bola e um bom chute a gol. DEU. Marquinhos é muita língua pra pouco futebol. Escudeiro tava junto com o Leandro, agarrado num TOCO DE MADEIRA depois do naufrágio.

E o Marcelo Grohe? Pelo que vem jogando, o Victor vai ter trabalho pra manter a titularidade. E se falhar ou não fizer uma boa apresentação, corre o risco de AMARGAR uma reserva.

No mais, acostumem-se. A proposta pra jogos fora de casa é a mesma que víamos com Luis Felipe Scolari (ETERNO). Fechadinho e saindo rápido em contra-ataque pra matar o jogo.

Só falta treinar melhor isso.

10 comentários:

@tiagorussell disse...

Ok, entendi. fechadinho, contra-ataque pega ratão, Scolari family... MAS 3 CHUTES A GOL O JOGO INTEIRO NÃO, NÉ!

LIVING BODY Pilates Studio disse...

sei q o Douglas eh um dos melhores na posição, sei q ele pode destrui um jogo, mas sozinho ele n pode faze nada, eh soh coloca um encoxando ele q ele some, tah faltando um do lado dele pra dividi a marcação, axo q o escudeiro eh uma boa, mas ele nao pode fica soh atraz marcando, senao nao tem perna q aguente!! e o nosso Rocka ein?? onde anda???
abraços

Éder Silveira disse...

Fechadinho e saindo para o contra-ataque? Não ficou fechadinho, o Figueira chegou muitas e muitas vezes na cara do gol. E contra-ataque, ah, por favor...

G Vermes disse...

Pra complementar o otimismo...

Acho que a grama alta atrapalhou as jogadas do Leandrinho.

E a graNa alta me parece atrapalhar o Gabriel.

Julio Rael disse...

Até quando temos que louvar a dita evolução da equipe? Esse pseudo treinador, teve DEZ DIAS, vejam bem, DEZ DIAS para pôr em prática o seu "profundo" conhecimento da tática e estratégia futebolística e o que vimos? NADA. NADA DE EVOLUÇÃO. Como dizer que melhorou o sistema defensivo, qdo nosso goleiro, pela segundo jogo seguido é escolhido o melhor em campo? Se bem que c/a dupla de tontos, Rafa Marques e Mário "Rabiosca" Fernandes, estão jogando para consagrar os nossos goleiros. E o que dizer do Tico-tico-toque-toque do Escudero? Amigos, entender de tática, estratégia e gestão pode até ser bom, mas o que importa é conhecer e falar a língua dos boleiros. O certo é que o bom joga e o ruim assiste. Traduzindo: Miralles NÃO PODE SER RESERVA de um Leandro Cai-Cai, entenderam?
Minha paciência se esgotou faz tempo com essa direção que trocou um treinador identificado c/o time e c/a torcida e que nos orgulhava mesmo nos resultados negativos, por um AUXILIAR-TÉCNICO DO FALCÃO.

Arthur disse...

Porra, só eu que percebi que depois do Bolinha Camargo abandonar as amarguetes o timinho desandou??
Perdeu 3 de 4, sendo que a única vitória foi em cima do Patético Paranaense que fez a proesa de se rebaixar na 10ª rodada do Dilmão...

Podem ser pessimistas, mas não corneteiros.

OBS.: Não foi pro Snel esse post...

Alexandre disse...

Snel!

Geralmente eu concordo com os teus comentários pertinentes, porém nesse eu não posso fazer o mesmo, tu forçou demais, hehehe.

Como tem viúva do renato por aqui, credo! Srs, o Renato (eterno) deveria ter saído depois do fiasco de perder o gauchão. Não sei seo o JC é o cara certo, mas já que tá aí devemos apoiá-lo.

A zaga do Grêmio continua uma merda, o Mário Fernandes deu uma furada no 1º tempo que foi constrangedora.

O Gabriel esqueceu o futebol do ano passado em algum lugar tão bem guardado, que ele não tá conseguindo encontrar mais.

O Escudero......bom esse aí sempre foi uma merda mesmo, daí é que não pode se esperar nada.

O Douglas ainda é o melhor que temos, apesar de estar devendo. Pois nem as faltas laterais mais ele tá acertando, quer dizer, acertando ele tá sim, acertando a mão do goleiro, pois invariavelmente todas as faltas dele vão para lá.

O Leandro é uma piada, quando ele deixar de ser cai-cai talvez resolva alguma coisa.

O André Lima sempre foi ruim desse jeito, é que no ano passado ele tinha o Jonas e o Borges ao lado, aí fica bem mais fácil.

O Miralles é outra merda argentina que a torcida endeusa mesmo vendo a bosta de futebol que ele tenta jogar, Ontem ele apanhou da esférica.

No mais faltam 33 pontos para escaparmos da segundona, e é esse o objetivo desse ano.

Davi disse...

Concordo com o POST, ontem o Grêmio entrou pra empatar, e foi o que aconteceu.
Escudero jogou como um volante quase, o JC prendeu o cara na marcação, não só ele como também os dois laterais, que não passavam do meio campo.
Sobrava 3 jogadores no contra-ataque, sem ter muito o que fazer.
Quando subiu 1 de trás (Mário F.) foi um grande contra-ataque.

O que o treinador queria, conseguiu, mas jogar pra empatar contra Figueirense! Não dá né!

Luis N disse...

Não consegui entender essa de quem viu evolução defensiva no Grêmio. A defesa continua uma bela duma bosta.
Mario não é zagueiro, é lateral, alguém tem que dizer isso pra ele e pro Julinho. Até o Rafael Marques foi melhor que ele ontem (como zagueiro, porque o melhor lance de ataque do Grêmio foi do Mario).
Gabriel e Collaço... lixos. Mario no lugar do Gabriel (Saimon na zaga) e, no lugar do Collaço... foi embora, dá pra tentar o Dener que entrou umas duas vezes já.

eduardo disse...

Bom texto, boa análise.

Mas pra jogar no estilo Felipão, tem que ter um ataque rápido e matador, de preferência com um cabelo de cuia loiro cruzando das laterais e um super mário jardel cabeceando até quero-quero pro fundo do gol.

Com o Douglas dormindo na armação das jogadas e com nosso ataque errando mais chute que os cobradores de penaltis da seleção, fica bem complicado matar o jogo, tá mais fácil o jogo nos matar, como tem acontecido com o "maestro"...