quinta-feira, 4 de março de 2010

Achismos

Olha gente, o time do Avenida é tão ruim que precisa asfaltar. Mesmo assim, meteu uma pressão na zaga improvisada do Silas.

Como não dá pra analisar o grupo, vou escrever o que eu vi em campo individualmente.

Rodrigo precisa de ritmo, mas vai se acertar lá atrás.

MFernandes, por incrivel que pareça, me pareceu um lateral improvisado na zaga, e não o contrário. Da-lhe 7-Boys nele.

Edilson mostrou força e um bom apoio. Vai dar bom.

Bruno precisa melhorar os cruzamentos, fundamento básico de um bom lateral.

Rocha não vai ser titular do Grêmio este ano. Definitivamente, como comentado pelo Renato, ele é terceiro homem de meio-campo. (Se não é/era, virou um.)

Adilson voltou bem. Estabilizou o time.

WMagrão, aos poucos, tá se soltando. Confio muito nele.

Maylson tá muito bem, mas quando todo mundo tiver jogando ele sobra. Ano que vem, acho que arrebenta.

Fernando promete MUITO. Gostei demais de ver ele em campo. pena que levou um amarelo meio bobo.

Mith.. bah... O CTRL+V é uma grande promessa. Mas não convém jogar tanta responsa no colo dele agora. Vai ser um craque, independente da posição. Tem que descobrir onde ele rende melhor, e isso é uma coisa que o Silas sabe ver. Tem futuro.

Willian é pinogol, infelizmente. Esforçado, mas sem o brilho necessário pra ser titular. De qualquer forma, precisamos de reservas no ataque. Convém dar mais uma chance pra ele.

Jonas... não mudo minha opinião sobre ele. Mas é o que temos no momento.

Hugo, infelizmente, é minha maior decepção no momento.

4 comentários:

Matias Leidemer disse...

Gostei da análise, entretanto, preciso ressaltar tua última linha.

O Hugo é tua decepção? De todos novos jogadores que vieram pra Azenha, o único que eu tive certeza que não daria certo no time foi o Hugo. Pra mim não é decepção, é confirmação.

Mas, como bom Gremista que sou, espero estar enganado.

Miguel disse...

Concordo com praticamente tudo. O alemão Warken(muito melhor e impõe mais respeito do que um mero "Adílson") é titular no meu time ideal do Grêmio(com essas peças, lógico).

O Mário... pois é, o lance do cartão amarelo dele demonstrou como ele meio que perdeu o costume da zaga. Mas no decorrer do jogo ele melhorou. Só precisa de rítimo naquela posição e de um trabalho de ganho de massa.

Não consigo confiar no Magrão. Na real, nem em 2008 eu confiava... eu já achava, naquela época, que o Rafael Carioca carregava ele nas costas.

Acho que o Maylson é o "primeiro reserva" pras 3ª e 4ª posições do meio campo. Na impossibilidade de Douglas, Leandro ou Souza, entra ele... não o Hugo.

E... sobre o ctrl+v... defendo a colocação dele no ataque porque lá ele vai ter menos responsabilidades defensivas. Ele não me parece um jogador dedicado ou apto à marcação, prefiro que um dos meias(já que o Douglas também é meio assim) tenha mais capacidade de marcação...

..... disse...

Em 2006, quando o Hugo era titular junto com o Tcheco, sempre queriam o Léo Lima. A torcida tinha bronca dele, pelos mesmos motivos de agora. Com sequência de jogos (por que foi que mataram a crase, meu deus!) ele se firmou e virou um dos caras mais importantes daquela campanha do tricolor, com um meio campo onde dois mordiam (e MUITO, Jeovânio e Lucas) e um cercava, roubando algumas bolas (Tcheco). O Mano fixou ele na esquerda, e ele era quase um terceiro atacante, quando não era o segundo e o Alessandro jogava no meio, no famigerado 4-5-1, que nunca dava certo, mas ganhou vários jogos.

Acho que o que ele precisa é jogar do mesmo jeito que jogava naquela época. Ele nunca soube desarmar, vivia tomando amarelo ou sendo expulso por não saber fazer falta. Libera o cara. O Douglas é um cara brigador, também rouba bolas e está se entrosando com o time. Colocar ele mais centralizado, mais perto dos volantes e deixar sempre o Hugo mais na frente é uma boa. Ele ficava na frente do Bruno Telles, que quase não subia, então ele podia ocupar aquela faixa do campo.

É um problema um time jogar em função de uma peça só, mas acho que o Hugo ainda vai dar muitas alegrias esse ano, desde que ninguém cobre dele criatividade e pegada (o que vai ser difícil). A imprensa pintou ele como meia de criação, coisa que ele não é e nunca foi. Ele é ótimo para puxar contra-ataques, entrar em profundidade e cruzar (ou afundar o goleiro) - coisas que se cobra de um ala. Fixa um ponta direita, como era o Herrera em 2006, e metade dos problemas acabam.

E eu acho que é justamente para não fixar o meio campo do tricolor que o Silas coloca o Leandro como titular. Eu faria como o Felipão: é hora de inverter, grita. Não deixa o jogador decidir. É para isso que serve esquema de jogo.

Saludos,
Fagner

Dhiogo disse...

e o Jeovânio q está no Figayra, será q não encaixaria bem no meio de campo do tricolor?