terça-feira, 9 de março de 2010

Eu não queria escrever, eu juro que não queria

Mas o Tiago me cobrou publicamente.
E então eu estou aqui, pra falar sobre o jogo de sábado contra o Assis Moreira Futebol Clube.

Por mais que eu defenda o Silas, que eu ache que as cobranças sobre o time são exageradas, não dá pra querer uma atuação como a que tivemos no sábado. Foi constrangedeor, pra dizer o mínimo.

Jogamos contra um time mambembe, sem qualquer pretensão no campeonato (aliás, a única pretensão do Assis Moreira é vender semi-pernas de pau para mercados periféricos do futebol e faturar algum). Um time sem torcida, um clube sem história, que (bem ao estilo de um Assis Moreira) só joga pelo salário, pelo dinheiro.

Pois bem: nós perdemos o meio de campo para esse bando.

Vale salientar que FRochemback não estava no jogo, então a culpa não pode ser jogada sobre ele.

Contra o Avenida já tínhamos passado por alguns momentos semelhantes. Lá em Sta Cruz, Ferdinando não estava em campo. Então, a culpa também não deve ser dele.

Ok, o Maylson estava nos dois jogos (e em ambos não jogou bem pro meu gosto), mas também não acredito que seja culpa dele.

Logo, a culpa é mesmo do Silas e de suas orientações e/ou escolhas.

Vamos ser honestos: ele tem no grupo opções suficientes para fazer o time jogar mais e melhor.

Mas não vou cair naquela de dizer quem é que tem que jogar: primeiro, é preciso saber COMO jogar. E isso quem tem que dizer é ele, que ganha muito bem pra isso.

Pronto, falei.

3 comentários:

..... disse...

Duas coisas, Renato:

- Primeiro: é injustiça falar que o Lami (ops) não tem torcida. O Assis torce muito para vender jogadores. E, às vezes, isso é mais torcida que a nossa, porque, para ele, os jogadores do plantel são os melhores do mundo justamente pelo fato de serem do time dele. Se ele acha que são uns perna-de-paus, ele não diz na imprensa.

- Segundo: Tem um cara que faltou nestes dois jogos onde perdemos o meio de camp. O Douglas. É uma merda depender de um jogador mas ele é o cara que para a jogada e pensa. E se não tivermos isso, vamos continuar levando botes e dando contra-ataques. O time não sabe passar de primeira. Logo, alguém tem que segurar um pouco a bola e esperar alguém melhor posicionado. Acho que o Silas está pagando pela política de poupar jogadores, que, do modo como a bruxa anda, deve acabar gerando lucros ali na frente.

Saludos,
Fagner

TiagoR disse...

bigassmessage.com/1eb7dc11e

Daniel Isaia disse...

Antes, quando eu criticava o trabalho do Silas, me diziam que ainda era cedo e que deveria ser dado mais tempo para ele acertar o time. Ok, e agora? Já se passou um turno inteiro do Gauchão, e logo nos primeiros jogos do returno o que vemos é o time com as MESMAS deficiências do começo do ano. Não há evolução alguma.

Não me digam que o problema são as lesões e desfalques. O Grêmio com time Z e as pernas amarradas deveria sufocar esses timecos do Gauchão. Se não conseguimos nos impôr contra times praticamente varzeanos, o que será quando enfrentarmos os grandes times do Brasil?

FORA, SILAS!

Abração!
http://gremiomanager.blogspot.com/