sexta-feira, 26 de março de 2010

Rumo ao 50º

Não teve dancinha do Jonas, mas teve gols do filho do Seu Mayl e de William "Human Pinball" Batoré Cover. Foto SURRUPIADA na cara dura do globoesporte.com

Ontem, num Olímpico com pouco mais de 10.000 INSANOS gremistas, e este que vos escreve junto deles, o Grêmio chegou a sua 49ª partida sem perder em casa, and counting. As pessoas estão escrevendo que foi uma partida onde o Grêmio mostrou uma de suas melhores atuações. Confesso que não vi isso, mas creio que não notei pelo simples fato de não estar assistindo a partida do meu local de costumbre, nas sociais, por estar levemente embriagado, aquela coisa toda. Não que o lugar que assisti ao jogo me incomodasse, beeeeeeem pelo contrário. Não há coisa mais confortável e nababesca que assistir aos jogos do Imortal sentado numa poltrona de couro dos camarotes. Obrigado Tiago Russell e ao pessoal da SLM/Ogilvy, a agência do Grêmio.

Bueno, eu vi um Grêmio que correu riscos, mas teve sempre o controle da partida. Vi um Grêmio que perdeu DIVERSAS situações de gol, vi um Grêmio que não em reservas pra posição do Mário Fernandez, apesar de eu apoiar o Rafael Marques. Vi um Grêmio que sente muito a falta do Borges. O coitado do William é muito ruinzinho, mas não é culpa dele isso, e sim de quem o escala. Mas não convém criticar o comandante Silas por isso, afinal de contas, e descontando os adversários, o Grêmio vem EMPILHANDO vitórias sobre vitórias, chegando atualmente a 12 resultados positivos, and counting.

Além dos evidentes defeitos da equipe, e que logo estarão sanados (tenho certeza), vi também um Douglas que confirma, atuação após atuação, de que foi a melhor compra dos últimos anos. Assim como Borges, evidentemente (Meira's Speak Style) também é. E a terceira melhor contratação do Grêmio pra esse ano é Jorge Fossati, só pra dar aquela ESPETADA na bunda vermelha dos ribeirinhos.



Melhores momentos da partida, destaque para o gol de casquinha 
do Batoré Cover, uma legítima COCADA.


------------------------------

Recomendo com ÊNFASE a leitura da Letra do Bonatto de hoje, que fala sobre o Olímpico.

12 comentários:

SFM disse...

12 Jogos sem vencer meu amigo, você se equivocou no segundo paragrafo.

Mas independente disso: Missão dada é missão cumprida!

Marlon Abrahão disse...

Reitero: melhores texto do site. Quiçá melhores textos sobre o Grêmio.

Adriano Snel disse...

OPS, valeu a dica, Sr. SFM. Arrumando!

Marlô, gracias amigo! Vamos melhorando com o tempo, é que nem vinho!

luis disse...

SITE DA ARENA INFORMA : POA TEM GRANDE SURTO de SUICIDIO EM MASSA dos MACACOS AMARGOS 69 , MOTIVO ( ARENA GREMIO ) .

..... disse...

E o nosso centroavante conseguiu um gol de cabeça na zaga mais alta do Yedão. O camisa quatro deles era uma cabeça mais alto que o Rafael Marques.

No mais, o Gilmar Iser mudou bem o time - tirou o assassino da beira-lago e o time conseguiu se posicionar melhor. Só o Douglas para achar espaço sempre. Olha, fazia muito tempo que eu não via um mágico que transforma melancia em bola redonda com um toque só.

Saludos,
Fagner

San Tell d'Euskadi disse...

O recorde é mentiroso. Na lista de jogos diputados pelo clube em 2009, há TRÊS derrotas em casa que foram, simplesmente, ignoradas sem qualquer fundamento:

21.9.9: Grêmio 1-2 Cruzeiro
8.10.9: Grêmio 1-2 Porto Alegre
8.11.9: Grêmio 1-2 Lajeadense

Podem argumentar o que quiserem, mas era o Grêmio jogando no Olímpico por partidas de campeonato profissional oficial. E perdeu! Assim, não há recorde nenhum.

O Grêmio perdeu a invencibilidade em 21 de setembro do ano passado e está invicto desde 8 de novembro. O que for dito em contrário é, simplesmente, falso.

Não se pode levar de barbada o que sai na imprensa, nem quando é a nosso favor.

Abraço.

luis disse...

INVENSIBILIDADE DO TIME ( PRINCIPAL TCHE , 49 JOGOS SIM ) . E O QUE INTERESSA TCHE OKKKKKKKKK .

Imortal disse...

Essas derrotas foram do time sub-20, deixa de procurar pelo em ovo.

Adriano Snel disse...

Tu estás errado, San Tell. Pois o Grêmio que jogou esses jogos, da Taça Dallegrave, era o time júnior, ou sub-20, como queira. E não o grupo principa. Portanto, é a mesma coisa que tu pegar a categoria 95 e juntar tudo nas estatísticas... O que não é correto.

Portanto, o futebol profissional do Grêmio, está SIM invicto desde 21/09/2008, quando teve sua última derrota, 1x2 pro Goiás.

San Tell d'Euskadi disse...

O Grêmio botou o time que quis, o campeonato era profissional; que é o que importa para estatísticas.

Ou vamos desconsiderar o título da FGF de 2006?

Ou vamos desconsiderar o último Gre-Nal de 1994 porque os principais jogadores dos dois clubes já estavam de férias, mesmo que tenha sido pelo Gauchão?

Ou vamos desconsiderar nossas eliminações na Sul-Americana porque o elenco inscrito era formado por reservas?

Aliás, jogador do grupo principal que toma gancho, deveria jogar na FGF, em vez de ficar de folga...

..... disse...

O Santell, RESERVA é profissional. SUB-20, não. É tão difícil assim de entender? Em 1994, SUB-20 era considerado criança no olímpico. Não compare o incomparável.

Saludos,
Fagner

San Tell d'Euskadi disse...

Fagner,

O que não se pode comparar é o Estadual Sub-20 (competição de base) com a Copa FGF (torneio profissional). O irrelevante é quem o Grêmio escala.

Abraço.