segunda-feira, 19 de julho de 2010

É triste

Aproveitei a Copa do Mundo e tirei umas férias. Fui pra bem longe, onde até uma rede wifi era luxo.

Durante esses dias, via aqui e ali notícias dos amistosos do Grêmio. Como só sabia dos resultados, me preocupava mas não perdia a confiança. Imaginava N motivos pra queda de rendimento durante uma entresafra de jogos e esquecia do assunto.

Eis que volto pro Brasil sedento. Mesmo com um frio polar, fui matar minha saudade do velho casarão e assisti, atônito, um time completamente desorganizado vestindo o manto tricolor.

Não dava pra acreditar no que estava vendo. Como um time muda tanto de postura depois de 30 dias treinando e disputando amistosos?

Fiquei preocupado, principalmente com o rendimento de alguns atletas que eu, muitas vezes, elogiei aqui no blog. Mas comecei a ficar mais preocupado quando, num relance afoito, saquei meu celular do bolso e tasquei no Twitter: "Saudades do Tcheco".

Porque foi ali que eu vi o que faltava naquele time: faltava uma cara, uma identificação, uma única gota de gremismo correndo nas veias.

Depois do jogo de ontem, não tem como segurar Silas ou o próprio Meira no cargo. Estamos sem rumo, e só sangue novo vai ser capaz de tirar alguma coisa desse grupo.

Como eu escrevi antes, é triste.

4 comentários:

André Scheid disse...

Triste é pouco meu caro...
Tá foda!

Alexandre disse...

Porra Duda!

Larga essa melancolia e ve se faz alguma coisa para o barco não ficar mais à deriva do que já tá! Manda o Silas embora logo! Tá faltando jogador com pegada nesse time! Tem que chegar junto no adversário e INTIMIDÁ-LO se necessário for. Esse futebolzinho nheco-nheco vai nos levar a para a segundona e dessa vez a torcida não vai perdoar nenhum dirigente, todos vão tomar porrada se o time cair!

Lucas Dornelles disse...

No início do ano eu comentei aqui que "o ano começava com cara de chega logo 2011". Essa direção nunca me enganou, os poucos bons resultados em campo no Gauchão e Copa do Brasil me fizeram sonhar mas acabou logo.
A realidade é esta, este ano o que melhor pode acontecer é a torcida substituir o Duda por um presidente digno de conduzir o Grêmio. Não dá mais pra ficar a mercê dos "cardeais" que por trás da cena fazem suas jogadas políticas.
CHEGA! O Grêmio não merece essa gente no comando. É preciso fazer um limpa no conselho também.
Do futebol não espero mais nada, só que não sejamos rebaixados novamente, o resto é lucro.
O que interessa mesmo é o clube, que precisa se fortificar e ser presidido por gremistas de verdade. Que queiram o bem do clube acima de tudo, sem se importar com grupo político x ou y. É do Grêmio que estamos falando. Vaidades pessoas longe. Quero um Grêmio vencedor que faça jus a história. Chega de Meiras, Dudas e afins.
Temos a maior torcida fora do eixo RJ-SP. Todos os outros times tremem só de ouvir falar na palavra "Olímpico", mas essa torcida merece mais. Muito mais.

Por um Grêmio mais Grêmio. FORA MEIRA! FORA DUDA! FORA SILAS!

LUCIANO disse...

O time é a cara da direção e nada mais.... basta assistir 15 minutos de jogo para saber o que vai aconter, assim como bastou olhar a cara de abostado do presidente para saber que seriam dois anos sem ganhar nada, na melhor das hipóteses