sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Torcida forte e, infelizmente, carente

Graças ao todo poderoso (sim, em caixa baixa porque me refiro ao diretor da programação da Globo), o próximo jogo do Grêmio não vai ser no desgracento horário das 19h30. Pela terceira vez seguida vi só o segundo tempo do jogo que, de novo, não foi lá grande coisa e vou me abster de comentar sobre o ele.

O que me impressionou mesmo foi a força (ou carência?) da nossa torcida, que colocou quase 40mil num jogo no meio da semana e num dos piores horários possíveis. Bastou vencer a 1ª partida longe de casa depois de 363 dias (faltou só 2 pra completar UM ANO) pra se esgotarem os ingressos no Monumental. Lógico que teve preço promocional, que era aniversário do Grêmio, que o Felipão tava aí e tudo mais, mas o determinante foi a vitória sobre o Curintia em São Paulo.

Não adianta jogador ou dirigente ir aos microfones dar discurso, fazer promessas ou declarações fortes. O que leva o torcedor gremista pro estádio é um time vencedor e, acima de tudo, brigador, como o Grêmio sempre foi e como vimos no último sábado.

Pena que essa "torcida maravilhosa"(palavras do próprio Felipão, depois do jogo) está cansando. É só ver como a média de público vem caindo nos últimos anos. E não foi por causa da promoção de ingressos que nossa média subiu nos últimos jogos. É só olhar onde estávamos na tabela antes de cada uma partida. A relação é direta.

Peço que nossos dirigentes (tanto os atuais quanto os futuros) façam mais pelo maior patrimônio do Grêmio, que está tão carente de títulos e de ídolos. Logo, por favor.

7 comentários:

Menezes disse...

O que leva o torcedor gremista pro estádio é um time vencedor e, acima de tudo, brigador, como o Grêmio sempre foi e como vimos no último sábado.[2]

E volto a falar, torcida não ganha jogo. Já tivemos muitas provas disso, e pra quem tem memória curta, esse último jogo contra a porcada só comprova isso.

DM disse...

Torcedor pode não ganhar jogo, mas um time afinado com ele ganha. Esse elenco atual não é tão pior que o do "curíntia", por exemplo, e a nossa torcida é muito melhor. A diferença é que os jogadores deles são todos comprometidos (principalmente os mais habilidosos, como o Elias) e é por isso que eles estão brigando pelo título. Nossos "craques" só pensam no próprio umbigo.

Espero que o Renato consiga trazer novamente aquele espírito do sábado passado e, dessa vez, manter até o fim do campeonato. Mas ainda não consigo ter plena confiança em caras como o Douglas e o Souza.

TomateCru disse...

Nossos dois maiores ídolos recentes estavam em campo. O pior de tudo é ter que admitir que um ex-jogador dos anos 80 e um técnico dos anos 90 são nossos maiores ídolos recentes quando já estamos prestes a entrar na década de 10!!
Estamos carentes de ídolos mesmo...

..... disse...

Mudando um pouco de assunto, sei que a imprensa daqui é uma merda. Mas, porém, contudo, todavia, se ela tiver mesmo razão, aí está a "renovação" do tricolor:

http://wp.clicrbs.com.br/duplaexplosiva/2010/09/18/e-forte-a-crise-entre-gremio-novo-e-independente/?topo=13,1,1,,,

E aí? Alguém explica? Aproveitando que temos dois conselheiros aqui, seria interessante averiguar. Essas "costuras políticas" me enojam.

Saludos,
Fagner

luis disse...

TODOS NO HUMAITA AMANHA OKKKKKK . 20 9 2010 .

luis disse...

TODOS NO HUMAITA ( HOJE 20 OKKKKKKK ) .

Minwer disse...

Pois é, Fagner. Fiquei sabendo pela imprensa também.

Conversei com amigos de ambos os lados e o que me disseram é que não foi nada de mais, apesar das notas divulgadas.

Melhor esperar pra ver o que acontece.

Abs