sábado, 9 de outubro de 2010

#CHUPAALICIO

No atual momento, empate com o Vasco não era pra ser comemorado, mas devido às circunstâncias, foi um baita resultado.

O time não foi bem, mas lutou muito e foi merecedor do empate. A saída de bola pela direita tava bloqueada, principalmente no 1º tempo. A dupla na volância não casou bem, tanto que quando o time ficou com um só na frente da área melhorou. Fábio Santos, mais uma vez, pouco produziu, ainda mais porque o Lúcio esteve abaixo das últimas atuações.

Fora a quantidade de passes errados por todos. Óbvio que o pasto do São Januário contribuiu pra isso, mas o campo é o mesmo pros dois times.

Mesmo com esse mundaréu de problemas, dava pra vencer. Só que aí entra quem conseguiu roubar a noite (e o foco do post) do Mestre Jonas: Alício Pena Jr, integrante da Galeria dos Grandes Ladrões, e que fez tudo pro time da casa vencer. Só no 1º tempo, não viu falta no Rafael Marques no 2º gol do Vaxxxco e sonegou um penal num chute do Lúcio. Na 2ª metade, conseguiu inventar uma falta técnica que originou o 3º gol deles e deu impedimento numa bola recuada pela zaga adversária, entre outras coisas.

Apesar desse pilantra, ainda dá pra sonhar com uma vaguinha na Copa do ano que vem. Domingo que vem, 40mil no Monumental pra socar o Cruzeiro.

4 comentários:

Bruno Mariante disse...

Que bom que não foi só eu que vi essa garfeada.

Glorioso Tricolor 7 disse...

Fiquei ouvindo a Rádio Gaúcha após o jogo, e dessa vez não aguentei aos comentários oportunistas que o Sr. Wianey Carlet gosta sempre de fazer... o mesmo comentou com tom de ironia que no começo do ano a diretoria do Grêmio demorou para renovar e na verdade quase negociou o Jonas, aí dá uma olhada no que ele: o Sr. Sabe Tudo, Deus da Sabdoria escreveu em 14/01/2010 com o seguinte título: "Vítor vale Jonas, Túlio e mais R$ 1 milhão e o texto dizia assim: Sei o que li e ouvi no meu retorno das férias: para liberar o lateral-direito Vítor, o Goiás estaria querendo Jonas, Túlio e mais R$ 1 milhão. Se esta for a proposta, não sei o que o Grêmio está esperando para fechar o negócio.
Jonas não é solução para o ataque, enquanto Vítor resolveria, definitivamente, o problema da lateral-direita. Ora, é simples assim: vão dois “mais ou menos” e vem um ótimo. Uma dúvida por uma verdade.
Não importa se Jonas é atacante e Vítor um teórico defensor. Deve ser considerado que, contratando o lateral goiano, o Grêmio estaria sepultando as improvisações e escasso rendimento pelo lado direito do time. Vítor vale Jonas, Túlio e mais R$ 1 milhão."
Confesso que admiro demais o Jonas como pessoa, mas se ele fizesse a metade dos gols que ele perde hoje ele poderia estar com mais de quarenta gols só no Dilmão ou Serrão 2010, como queiram...
O que quero dizer é que infelizmente temos comentaristas de ocasião que vão de acordo com o momento e não com suas convicções. O que tu acha hein oooo Batista?!
Um abraço e dá-lhe Grêmio!

..... disse...

Eu ainda acho que, além de tudo isso, não tinha impedimento no gol do André Lima. Que juizinho fiadasputa.

Saludos,
Fagner

bertagna disse...

Lula é o cara… Só quero ver ele vestindo esta camisa honrada que ele tem nas mãos!
http://www.betobertagna.com