segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Domingo pra mostrar quem manda

Ontem eu vi uma das melhores partidas de futebol do Brasileirão 2010.

E olha que um dos times fez cera desde o primeiro minuto de jogo.

Foi uma partida emocionante. Mesmo com o time de lá achando um gol chiripento quando nem passava do meio-campo, o imortal não se intimidou. Foi pra cima e lavou a alma de quem gosta de futebol agressivo.

O gol do vistoso Viçosa, depois do acréscimo de 1 minuto no tempo pós-regulamentar graças à mais uma cera do Cruzeiro no final do primeiro tempo, foi o suficiente pra fazer Porto Alegre cair na real.

Porque foi ali, naquele instante, que qualquer meio-entendedor de futebol teve a certeza que a gente ia guardar mais 3 pontos, esculaxar o líder, bater no peito e estrondar de vez no campeonato brasileiro.

O Grêmio tá jogando com gana. Com atitude e ousadia, de um jeito marrento portalupeano cuja máxima é: eu até caio, mas caio atirando. E o penalti do Jonas é a maior prova disso: duas vezes, no mesmo canto, com a mesma intensidade. Um tapa de mão aberta na cara do vagabundo.

Hoje, aqui, no aterro, na TV ou no Brasil, não existe NINGUÉM capaz de contrariar a realidade: estamos patrolando, e vamos chegar. Tanto é verdade que o bibibi já começou e dá pra sentir aquele cheiro característico das margens do Lago... E não é só de esgoto.

Que venha o domingo!

Um comentário:

..... disse...

E eis que estão falando que a arbitragem ajuda o Grêmio. É o sinal que o medo é o que move os adversários do Grêmio.

Achamos o reserva (e, provavelmente, futuro substituto) do Jonas: Júnior Viçosa. Que guri chato, está em todas as partes do campo e chuta como a bola vier.

Saludos,
Fagner