domingo, 6 de fevereiro de 2011

Ainda falta uma peça

Chora, Fabiano Tchola. Saudades do eterno Dinho, o maior volante que já vi jogar.

E essa peça, de acordo com este ÉBRIO BURLESCO que vos escreve, é um VOLANTE. Sim, ¡señoras y señores!, um volante. Talvez essa peça esteja em casa, quem sabe? Fernando? Adílson? Não sei... Gosto muito do Adílson, mas suas qualidades são menores que seus defeitos. Engraçado isso, né? Snel gostar muito de Adílson, mas vê nele um bom reserva, mesmo que ele seja titular. Fernando tá comendo a bola na Sub-20, ou categoria MAMADEIRA, mas ainda acho que o Rocka dá mais conta do que ele.

Quero um volante que seja FIXO, que ache uma frescura, uma afronta, ultrapassar a linha do meio-campo. Um bulldog espumando na frente da defesa. Um parede antes das vias de fato. Aí, meus amigos, a coisa pega fogo, a cobra fuma! Pois veja bem, do meio pra frente, o Grêmio é uma festa só. Uma orgia! Uma putaria! E vai ficar legal de ver, pois apesar do adjetivos, é tudo organizado e letal, afinal, até SURUBA tem que ser organizada, não é mesmo?

Veja bem, teremos um volume ofensivo inacreditável: Douglas, Carlos Alberto, Escudero, Borges, André Lima, Viçosa e o talismã, Clementino. Isso sem contar o bom guri, Lins. Ou seja, é capacidade ofensiva pra caralho. E que bom que temos essas armas. Antigamente, tínhamos boas defesas, mas o ataque, ora formado pelo CHICLETEIRO Tuta, ora pelo POSTE Marcel, e as vezes pelo MEDONHO Perea, não funcionava. Nem a pau!

Portanto, em pról de uma CONSISTÊNCIA entre ataque e defesa CLAMO por um volante. Um daqueles legítimos NÚMERO CINCO. Como falei acima, essa peça pode estar em casa, mas até agora não me BRILHOU os olho. Ou tem de vir de fora. Um gringo? Facundo Piriz, do Nacional? Pode ser, mas não sei. Ortigoza do Argentino Jrs? Ostolaza, do Sporting-PT? Não sei e não sei. Isso é com a direção de futebol.

Portanto, pra passar a régua, e findar esse lixo de texto: que venha um volante. Ou que se arranje um no grupo. Confio em ti, Santo, e acho que tu conseguirá equilibrar tudo.

13 comentários:

Thiago disse...

Queria acreditar, mas acho que a direção não procura um 5 no momento. Só se estiver mto mocosiado que nem foi com o C.Alberto.

DM disse...

O problema com o Adilson é que tentam dar "função tática" pra ele.

Ele não nasceu pra criar, nasceu pra DESTRUIR. Tem que deixar o Alemão circulando pelo meio como um cão de guarda, colecionando lascas de canela ou marcando individualmente o camisa 10 do adversário (como ele fez com o Ganso no primeiro tempo do jogo de volta da CB'10, anulando a criatura aquática enquanto o nosso ataque empilhava gols perdidos).

Deixa o Rochemback e os outros meias com a parte de posicionamento, toque de bola e essas coisas que não se incluem na teoria do futebol-força.

Josué Antonio disse...

Não vai vir volante, creio eu, mas Ostolaza é realmente um bom nome. Também me agrada Guillermo Pereyra, do San Lorenzo, apesar dele ser mais para segundo volante.

DJ Aldebaran disse...

Pra mim, este camisa 5 já está no grupo, é titular e está esmirilhando. Trata-se de Fabio Rochemback. Aliás, pra mim um dos méritos do Renato foi ter achado o Rocka como 1º homem onde, pra mim, ele é o melhor do Brasil em atividade. Com o Silas ele jogava de 2º homem ou até de 3º, e era contestadíssimo pq não é mais a dele. Mesma coisa o Emerson, que no time de 95 e 96 era 3º homem e virou 1º volante quando foi pra Roma.

Pra mim a gente precisa de um SEGUNDO homem, pra ajudar AO LADO do Rocka e pela direita. Pois o Adilson ainda não passa confiança.

Alexandre disse...

Concordo que falta um bulldog na frente da área. Mas o grande Dinho não era volante, ele era centromédio. Depois disso que começaram com esse termo gay de volante. Acho que se o Rocka ficar plantado na frente da área, ele pode ser esse jogador, pois tem qualidade no desarme e no lançamento!

Snel disse...

Alexandre, centro-médio é a denominação antiga pra volante. Mas enfim. Vamos trocar pra CONTENÇÃO, ao gosto do Peninha :D.

O Dinho era o primeiro à frente da defesa, e é isso que falta ainda ao Grêmio. Nosso Goiano hoje é o Rocka.

Vamos ver, pode ser que a solução seja caseira.

..... disse...

Snel, eu já desisti de questionar esquema, função ou jogadores com o Santo. Toda a vez que eu acho que não sei onde ele está com a cabeça, que diabos ele está fazendo e correlatos, tudo dá certo. Acho que o Rocka não é um primeiro volante estilo Dinho, nem o Adilson um segundo como o Goiano, assim como Dinho e Goiano não eram China e Bonamigo. Eu vou só confiar nele e deu.

Saludos,
Fagner

Snel disse...

Tens razão também, Fágner. Com o Santo, tudo é possível!

Douglas Dallago disse...

Felipe Mello?

DJ Aldebaran disse...

No tempo do Dinho já era usada a denominação volante. Acho que o último "centromédio" (ou centeralfo, como os mais antigos preferirem) que vi passar pelo Olímpico foi Jandir, do time campeão da Copa do Brasil de 1989, quando ainda se jogava no 4-3-3. O meio-campo era Jandir, Cuca e Lino. Nos anos 90 que começaram a jogar no 4-4-2, com dois volantes (um xerifão estilo Dinho e outro pra "sobra" estilo Goiano (o Luis Carlos, não o Sandro). Daí pra frente surgiram invencionices como 3-5-2 com líbero (Lazaroni na Copa de 90), 4-2-3-1 (Arsene Wenger e Mano Menezes em 2006) e até o malfadado 3-6-1 do Burroth (que se eternize nos amargos). Mas confeso ser saudosista e fã do velho e bom 4-3-3.

Alexandre disse...

Mestre Snel. É que quando eu começei a acompanhar o futebol, putz agora lembrei que eu to velho, há 30 anos a denominação era centromédio, zagueiro central, quarto zagueiro, etc... Um tempo em que o futebol era jogado sem tantas frescuras, mas enfim, foi somente quanto a isso que me referi. E o Dinho para mim é um simbolo daquela época do futebol sem tanta frescura, por isso que eu disse que ele era o legítimo centromédio.

E concordo também com o DJ Aldebaran, acho que o Rocka está jogando sim de 1º volante, mas não tem como compará-lo com outros ídolos do passado.

O melhor mesmo é seguir o conselho do Fagner e confiar cegamente no Santo. Esse tá fazendo chover!

Rumo ao Tri!!!!

Eduardo disse...

Na verdade, em outro clube é que nós não vamos achar esse camisa 5.
Só se o Gattuso quiser se aposentar no Brasil, o que eu vejo, é que tem dois nomes no Olimpico que são como o Jet Lee em cão de briga, só precisa dizer, VAI!!!
Um deles é o próprio Adilson, quando ele começou, tinha como unica função desarmar, e corria qnem um louco no meio campo só desarmando, só falta "deixar" ele quebrar algumas canelas.
Outro que só precisa mandar que fará este trabalho (glorioso) é o Vilson, só eu acho um crime estragar esse zagueirasso.

nirmal disse...

ostolaza śeria o nome certo e, até mesmo aquele macchi do liverpool, pena q já está c/a idade avançada, porém entende tudo de catimba... abçs