segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

PASSEIO TRICOLOR

Foi realmente um passeio, mas serviu pra mostrar que o time está mais afinado. Que, ao meu ver, fica mais equilibrado com o Ladrão Adilson na Volância. E que realmente se precisa de alguém pra fazer a marcação que o Douglas não faz.

Paragrafo Especial: DOUGLAS.
Pode fazer ou falar o que quiser mas pra mim aparenta ser incompleto um jogador que nem se esforça pra marcar ou cercar o adversário. No Jogo contra o Petroleiro ele ainda estava no chão depois de perder aquela bola na frente do Renato e os bolivianos já haviam chutado a gol.

Fique claro que acho ele bom armador e habilidoso, cumpre a função que o Renato deu pra ele, mas então deixa o Alemão fazendo o serviço sujo (que ele faz melhor que o C.A.).

Paragrafo Especial:ANDRÉ LIMA.
Humildemente se intitulou o "Guerreiro Imortal". Está merecendo a alcunha mas tem muito que provar, principalmente com gols nas horas importantes, nas horas que a imortalidade é colocada a prova. Segue em frente que seguimos contigo!

No mais só alegria. O Leandro mostrou estrela na estréia e o Rochemback e o Lúcio continuam sendo os melhores em campo.

15 comentários:

Fagner disse...

Tito, concordo. Mas nesse jogo o André Lima fez uma função que eu não esperava que conseguisse: sair da área para distribuir o jogo. O Finado buscava bola no meio de campo e virava o jogo como se fosse um meia. E isso o André conseguiu fazer bem pela primeira vez ontem.

Já o Douglas... pelo scout das partidas dá para ver que ele rouba várias bolas pelo tricolor. Usando o Cartola FC como parâmetro (o que não é uma maravilha), no Brasileirão do ano passado ele roubou 49 bolas em 30 jogos. Tá certo que o Rocka (82 em 25) e o Adilson (80 em 28) roubaram mais, mas ele foi o meia não volante que mais roubou bola. Ou seja, ele pode não ajudar o tempo todo, mas ajuda.

Saludos,
Fagner

Rafael Pereira disse...

Respeito tua opinião mas não concordei com nada do que falasses... Douglas é cérebro... se de vez em quando não tentar uma caneta, um passe no triângulo (como no PES no PS2) então coloca o Dinho de camisa 10 da tua escalação...

Alexandre disse...

Ficou claro para mim que o time funciona melhor com dois volantes. Porém o que pode ser feito é tirar o Gilson e colocar o Lúcio como lateral, abrindo espaço para o Carlos Aberto na meia direita.

No mais estou achando estranho, para não dizer uma tremenda viadagem, o excesso de chuteiras rosas em campo, isso é algo que deveria ser proibido no tricolor. Chuteira só tem uma cor: PRETA!!

Tito disse...

Mais ou menos por ai.. duvido um pouco dessas roubadas dele..não vejo aconter muito. Também acho que a função dele é armador. Por isso mesmo acho que pra equilibrar tem que ficar com o Adilson e garantir o meio campo. Nem só de ataque se vive. Os times que estamos pegando são fracos e por isso podemos marcar com menos qualidade.

Curti o André nesse jogo também, mas o Borges deu uma caída. Não sei se tem influência essas funções que eles estão fazendo. Ora um ora outro. É um bom debate.

DM disse...

"O Guerreiro Imortal tem um novo número."

Falando sobre si mesmo na terceira pessoa... Pelé feelings hehehe

Rafael Pereira disse...

Minha escalação seria... Victor, Gabriel, Paulão, Rodolfo e Lucio; Rockembach, Adilson, Carlos Alberto, Escudero e Douglas; André Lima (ou Borges, dependendo do time ser enfrentado...)

Não sendo esse... sendo com 2 atacantes prefiro o Lucio na lateral e o CA19 fazendo a função dele só que pelo lado do Gabriel...

conrado_gallo disse...

Andre lima fez gol no grenal, dois contra o Sao Paulo, um contra o liverpool. Na maioria, gols de cabeça na marca do penalti, contra dois zagueiros! Concordo com quem falou q douglas tem bastante roubadas de bola!

Tarsis Salvatore disse...

Acho que o André Lima merece apoio. Ele gosta do Grêmio, se identifica com a torcida, vibra em lances simples, é expontâneo, se vai ser imortal eu espero que sim mas guerreiro ele é.

Ainda me preocupa André Lima e Borges jogando juntos. A menos que tenhamos o Carlos Alberto vindo de trás e ai o Gilson sairia para o Lucio revirar lateral. O problema é que o Lucio rende bem como meia.. enfim, problemas (bons) para o Renato acertar.

Abs

PS: Reclamar da cor da chuteira não é um pouco demais? Não gosto de carnaval, ok, mas o jogador é patrocinado e usa a cor que derem, não é? Marcando gol para o Grêmio pode ser de qualquer cor.

Luis disse...

O Grêmio mostra evolução e isto esta bem claro. pra mim a escalação de domingo é a ideal pro momento, um meio campo com C.Alberto,Douglas e Lucio ficaria faceiro demais pra pegar times fortes, e André Lima e Borges mostraram mais evolução domingo com André Lima saindo mais, talvez com mais tempo esta dupla dê liga, até porque acredito que não tem melhores atacantes no elenco do que eles dois.E sobre Rochemback ele é hoje o mais importante do time e Douglas é craque deixa o Adilson marcando e ele pifando os atacanes que vamos longe.

jjj disse...

ontem fiquei observando o Douglas apos perder uma jogada, voltou bem devagar pela lateral da social e ficou na sombra dos refletores e ficou vendo o jogo que estava acontecendo do outro lado, claro e mãos na cintura...é muita descanso....rsrs

eduardo disse...

In Saint we trust!

Deixa o Douglas armar as jogadas... aquele longo período com o Pastor na Casamata já provou que nosso camisa 10 ou marca, ou joga. Eu prefiro ele jogando!

No más, o Alemão e o Rock'n'Bach estão segurando bem o meio de campo, só não aguento mais ver o Lúcio dando uma de meio campista, ainda mais agora que temos o Carlos Alberto e o Escudero.

Marcos Vinícius disse...

Lembra quando o Silas mandava o Douglas marcar o que acontecia? Ele se matava correndo atrás dos caras e depois não tinha perna pra armar uma jogada sequer. Deixa como tá. Não querem dois volantes? Então essa é a função deles, desarmar quando o meia perde bola.

André Lima não faz gol decisivo? Liverpool, Grenal...


Abraço!

Eduardo disse...

Fagner, seria importante, nem que fosse por um minuto só, esquecer o Renato como Ídolo do Grêmio e esquecer que ele fez um milagre ano passado e está fazendo um bom trabalho. Digo isso para analizar o seu potencial, até onde ele pode chegar e o que ele entende de futebol, com isso podemos fazer o que o Manchester fez com Ferguson, deixá-lo trabalhar, montar o plantel, como a diretoria queria fazer com o Autuori. Minha escolha para isso seria o Felipão, pois sei que ele abraçaria esta ideia e tem competência, também pela idade. Mas o Renato está mostrando um grande amadurecimento e mostra conhecer de táticas e tecnicas, está atualizado. então acho que independente da situação em Libertadores e Brasileirão, devemos deixá-lo trabalhar.
ANALISAR O TRINADOR PARA LONGO PRAZO E NÃO CURTO PRAZO, como todo time tem feito no Brasil.
Entende o que eu digo?

Fagner disse...

Eduardo, desculpa, mas não entendi nada. Acho que tem boi na linha e esse comentário era para ser no texto do Snel.

Porém, acho que o céu é o limite para o Renato (para usar aquelas frases bem ridículas que andam por aí). O longo prazo dele é esse que tu está vendo: se esforçando ao máximo para fazer do Grêmio um time vencedor. E isso já é o suficiente. Prefiro o Renato valorizando o grupo, o Grêmio e a torcida do que um amargo como o Mourinho.

O Felipão é muito bom, mas já está se aposentando, e vai precisar de, no mínimo, mais um ano para voltar a garimpar jogadores no Brasil. E nisso o Renato já mostrou muita competência. Scolari voltou na hora errada. A hora é do Renato.

Saludos,
Fagner

Eduardo disse...

Fagner, desculpa, eu li no primeiro comentário o teu nome e quase que "instintivamentente" pensei que voce tivesse escrito a coluna.

Mas, aproveitando, apesar de ser um baita tecnico, eu nunca vou querer um Mourinho no Grêmio, não se preoculpe. O meu medo é que de algo de errado no futebol e que outra gestão jogue fora um trabalho que tem tudo pra dar certo.

Agora eu vou agradecer ao Snel no outro post pela atenção.