sexta-feira, 15 de abril de 2011

Invencionices

Sinceramente não consigo compreender porque um técnico improvisa um jogador numa função para a qual ele tem um reserva que foi recomendado por ele mesmo. Tínhamos um grande problema na escalação de ontem, a ausência do Douglas, o Renato não satisfeito, ampliou com a ausência do Gabriel na lateral. Aí veio a lesão do Colaço. O que ele fez, improvisou mais uma vez. Aí ficamos com 2 laterais no meio campo e um zagueiro e um volante nas laterais. Não seria mais fácil optar por um feijão com arroz e ter colocado logo de cara o Vinícius Pacheco na meia? E depois com a saída do Colaço, deslocar o Lúcio para a lateral, o Escudero para a meia e colocar o Clementino. Foi o que ele fez né? Sim, sabe aquele ditado que diz “Quando tudo mais falhar, leia o manual de instruções”? Pois é, foi o que aconteceu ontem a noite, quando todas invencionices falharam o que o Renato fez? Colocou um lateral direito na lateral direita, um lateral esquerdo na lateral esquerda, dois meias no meio campo(o Escudero joga tanto no ataque quanto na meia) e um atacante no ataque.Aí vão dizer que o Lúcio não é mais lateral, que está muito bem no meio campo, eu sei disso, mas numa necessidade, simplifica. Deixa a lateral com laterais, meio campo, com jogadores de meio, sem inventar.
Não quero fazer comparações, longe de mim, mas é inevitável não lembrar que o histórico do Renato está bem parecido com o da última passagem do Roth pelo Olímpico: um campeonato Brasileiro ótimo, algumas rateadas que ferraram com a possibilidade do título e um início de ano horrível, com invencionices, apostas infundadas(e exageradas) em alguns jogadores e o não aproveitamento de outros. Não fosse ele Santo, já teria tido o mesmo destino.

9 comentários:

MatheusFS disse...

Sinceramente hein!
Quanto exaagero!

O time foi uma naba ontem, concordo, mas os caras ficam malhando o time até quando tá ganhando! Imagina quando perde!

Ontem foi um jogo totalmente atípico, não foi completamente culpa do Renato. Só um fato pra comprovar isso: Rochemback jogou mal. Ou seja, não foi um jogo normal.

Marlon Abrahão disse...

Críticas ao Renato são como mamilos: muito polêmicos.

http://www.youtube.com/watch?v=wvJbhFYNfKU

kid disse...

PQP...axei a mesma coisa, tive o mesmo pensamento ontem, pra que inventar se tem um time armado...Ta foda

Francinei Bentes disse...

Todo mundo tá vendo que o Renato tá louco pra voltar pro Flu... aquele "trote" no Kajuru não era à toa...

Francinei Bentes disse...

É óbvio que o Renight tá loco pra voltar pro Flu, pra praia, pro calorão e pra fubangagem do Rio... Desde aquela história ridícula de "trote" no Kajuru que eu desconfio muito disso...

José Carlos Lázaro disse...

Concordo quanto as invencionices ... o Gabriel NÃO SE ACHOU POR 45 MIN EM CAMPO. Mas o que me preocupou foi um comentário no início do jogo onde se falou que o Renato falou que o plantel de 40 jogadores "é muito grande" pro segundo semestre, que "vai haver cortes". Voces ouvira isto ... isto é se queimar com os reservas. E entendi que o Mailson estava no banco ... devo ter ouvido errado. Este não precisava esperar o segundos semestre.

Fagner disse...

Olha, Scotta, não acho que o Renato tenha algo a ver com o Roth - até porque o início de ano quando ele saiu do Grêmio não era ruim. Mas concordo que ele inventou ontem - e MUITO. Ainda sou capaz de afirmar com toda a convicção que a culpa pela derrota foi TODA dele. Não dá para cobrar empenho de jogador que fica no banco para um lateral jogar na sua. Fez merda. Agora tem que ver se sabe desfazer. Não acho que tenha nada a ver com querer sair. Acho que ele quis aproveitar um jogo fraco para ver se emplacava outra inventada que deu certo (Lúcio na meia), pra se consagrar de vez. Não deu certo. Tomara que ele não insista. A gente não criava nem chato no saco naquele meio campo de ontem.

Saludos,
Fagner

G Vermes disse...

Concordo Fagner. Agora, acende aquela luz da precaução porque não sei se acredito que foi apenas para esta noite da consagração. Lembro de MUITOS jogos com o GILSON todos os jogos destruindo a esquerda e o Renato arrumando no segundo tempo como fez hoje nas outras posições.

Mas foram MUITOS jogos até ele decidir parar de inventar, o que foi no limite - se é que não passou - da tolerância...

DM disse...

Ironicamente, o Renato fez todas as mudanças que sempre vejo os cornetas exigindo: Mário, Collaço e Escudero em campo, Gilson e Douglas fora, mais marcação no meio. E, antes desse jogo, já vi até gente pedindo o Gabriel no meio pra "replicar" o Lúcio.

Mas que coisa! Logo agora que ele decidiu abandonar as tais convicções de que tanto reclamavam, o Grêmio é goleado pelo lanterna do grupo.

Pena que o preguiçoso do Douglas deva voltar na próxima partida. Que o meio vá ficar faceiro outra vez. Que o super craque e goleador argentino vá pro banco pra dar lugar a alguém que não merece vestir a camisa do Grêmio porque não fala espanhol. Pena que vamos voltar a vencer com o time do jeito que o nosso teimoso treinador gosta, em vez de perder atendendo às exigências da torcida.

Ah, as ironias...