quinta-feira, 5 de maio de 2011

Juntando os cacos

Mobilização para o GREnal, no horizonte Gremista, é o que sobra. No RIBEIRINHO, também. Animicamente (se é que essa merda de palavra existe), creio que o Grêmio vem melhor. A vaga da Libertadores, convenhamos, ficou decidida em Porto Alegre, quando perdemos por 2x1. Não que fosse um resultado muito complicado de reverter, não mesmo, mas dadas as circunstâncias, era.

O Grêmio jogou um futebol dentro da sua realidade. Um time reserva, recheado de meninos inexperientes, mas bons de bola, porém, desentrosados. Infelizmente, foi o que restou pro Renato. E olha, o Santo ALERTOU sobre isso, mas como o BRAVO que sempre foi, não fugiu do compromisso. Podemos achar culpados? Claro que sim. Podemos achar desculpas? Óbvio. Mas a realidade é essa: perdemos porque, infelizmente, não temos grupo. Fácil criticar isso né? Mas é a verdade.

Se não, veja bem, estávamos sem SETE TITULARES hoje. Quer queira, quer não queira, isso faz diferença. Não vou aqui tecer comentários acerca da qualidade de alguns, titulares e reservas. Mas estávamos sem mais da metade do time fora. Ora por lesão, ora por suspensão. O que precisávamos pra levantar, ou mesmo seguir em frente na Libertadores eram peças de reposição de qualidade. E isso, infelizmente, não tínhamos.

Enfim, acredito que criticar neste momente beira a LEVIANDADE e OPORTUNISMO, mas não custava escutar a torcida e os blogs, ou mesmo não perder todo o tempo que foi perdido por aquele que não falamos o nome, e reforça decentemente o time, ainda mais pra uma competição tão importante em PRESTÍGIO e GRANA pro clube.

E ao fim, e ao cabo: temos uma PORRA dum GREnal agora, que antes não valia nada, mas agora vale tudo. Precisamos ver o que tem pra por em campo, remobilizar e ir pra cima pra não perder o semestre. É isso.

APUD: Aos amigos que esperavam grande coisa desse texto, desculpe desapontá-los. Creio que escrevo mais seriamente com meia garrafa de whiski na cabeça... Vai saber.

8 comentários:

Silvio disse...

tchê, como todos, to bebedo já. Mas mesmo assim, sejamos verdadeiros.Gilson não dá! Escudero, na situação atual, junto com o Leandro, é titular! sai fernando. e o Saimon? baita zagueiro! na boa, Renato tah querendo aquário! só bota os peixes! ressalto minha admiração por ele no ano passado... mas adaptação é o que leva a evolução!

Minwer disse...

Boa, Snel. Tb tô no JD, mas vejo que o momento não é esse, apesar de ter rendido a conversa no twitter.

PRA MIM, como no 1º Grenal, Gilson não foi mal. Os únicos ataques que sofremos pela esquerda foram no 1º tempo e porque o Adílson ficou mocorongueando.

O time de hoje ganha o Grenal.

Marcelo Gazapina disse...

A falta de grupo é evidente. Até o Hiltor Mombach, que não é muito bem avaliado pelo pessoal do blog, deixou bem claro essa semana: O Odone trouxe somente 5 jogadores, sendo Rodolfo, Vinicius Pacheco, Escudero, Carlos Alberto e Lins. Desses 1 titular, Rodolfo que estava em negociação com o Duda.

Enquanto das contratações do Duda no ano passado todas tiveram aval do Renato, quantas dessas foram pedidas por ele? O CA bem tentou, mas foi embora cedo. Pra mim, a melhor de todas era o Escudero, bem pra Libertadores. Porém ou não teve espaço, ou esqueceu do futebol antes de embarcar pra POA.

Tá foda. A aliança política para eleger o conselho e o odone foi forte, porém no futebol, que devia ser o objetivo maior, estamos penando.

Complicado...

Carlo disse...

É um absurdo que um time entre sem SETE titulares no jogo MAIS IMPORTANTE do ano até agora! E é culpa do Gauchão. Todos reclamam do calendário durante o campeonato brasileiro, mas eu nunca vi uma notícia sobre o calendário do início do ano. Em várias semanas o Grêmio jogou quarta e sábado ou quinta e domingo. É claro que os jogadores se lesionam! Isso acontece todos os anos! Não entendo por que o gauchão tem que ser tão grande... Deu no que deu.

Gérson Matter disse...

não é para reclamar hoje? Ok! Mas tenho uma observação:

E quando o Odone veio no começo do ano solicitar o apoio do torcedor para adiantar a mensalidade do ano? O torcedor atendeu! Era pra que mesmo? “Me ajude a construir um Grêmio Forte!”. Cadê?!?!

Cadê presidente? Onde está este Grêmio forte? Promessa de político? É isso que virou o Grêmio agora?

Menezes disse...

Nota-se que o GremioLibertador não é todo anarquista quanto parece ser, heheheheh Dividimos da mesma opinião.

Eu tava batendo nessa tecla há semanas.

Pelo menos vão parar de me chamar de Grêmio Libertador da Depressão agora né, Minwer?!?!

nirmal disse...

sem essa... ser ídolo é diferente de ser técnico
Renato: Com o time precisando ganhar, iniciou sem Leandro. Aos 32 minutos do segundo tempo, com o placar fechado, colocou Escudero. Aos 38, fez entrar Vinicius Pacheco. O time tem desfalques, mas parte da desclassificação deve-se as convicções equivocadas do técnico.

Gilberto Arruda disse...

Marcelo Gazapina, todos os contratados pelo Duda tinham o apoio do Renato? Tinham! E esse ano, quantos foram pedidos por ele?
Apenas Rodolfo, Vinícius, CA e Lins. Quatro entre cinco. O que ele não pediu, o argentino, foi o único que tu elogiou...vai entender...