quinta-feira, 5 de maio de 2011

Ecos de uma desclassificação anunciada

Falando em Carbonero, ou Manya, como eles carinhosamente chamam a equipe, ontem, mais uma vez SEÑORES, nos foi dada uma AULA de como jogar uma Copa. Coisa que infelizmente o Grêmio DESAPRENDEU. Ora pelos nossos dirigentes, ora pela nossa BRASILINIZAÇÃO, ora pelo nosso desacaso em COBRAR uma postura de volta as origens.

Não que os aqui presentes tenham se omitido, mas desde o momento em que paramos de olhar pro nosso passado, não tivemos um futuro, quem dera um presente. URGE uma volta às origens, urge a volta do futebol pragmático e ortodoxo, de defesa forte, meio campo combativo e ataque FULMINANTE. Não lembro de um gol feito num contra-golpe mais. O Grêmio de hoje é um Grêmio FLAMENGUIZADO, que tenta inutilmente tocar a bola, afunilando o jogo pelo meio e cheio de balaca, ou seja, improdutivo, lerdo e burocrático, um retrato do Brasil. Com zagueiros FROUXOS, e com pouquíssimos GAÚCHOS, no sentido PAN-GAUCHESCO que isso denota, sem fibra, sem vibração, PECHO FRÍO.

Precisamos, URGENTEMENTE, de vergonha na cara, e principalmente, buscar uma aproximação com a nossa cultura. Precisamos de um gaúcho como técnico, não um gaúcho que RENEGA as suas origens. Nada contra Portaluppi, mas não me serve um Grêmio assim.

É de se pensar, ou melhor, REPENSAR tudo.

10 comentários:

R!CARDO disse...

Acho que pela 1ª vez concordei com o teu post inteiro, Snel.

PECHO FRÍO. A melhor definição do nosso Grêmio atual.

Jogadores bons, mas que não rendem. Jogadores esforçados, mas sem qualidade. Técnico e diretoria que não batem.

Espero que pelo menos a taça do Ruralito no ármario sirva de motivação pra fazer um Brasileiro decente.

davi disse...

Cara,escreveste exatamente oque penso a anos,exatamente mesmo.Parece que até fui eu que escrevi este belo texto.Infelizmente acho que muita coisa mudou e para pior e nada de bom volta mais,hoje é "FEIO" eu dizer que sou gaúcho ou que somos diferentess dizem que sou bairrista ou me chamam de separatista(NA VERDADE SOU MESMO). Infelizmente hoje tenho de ver um vermes igual aquele tal DOUGLAS que se ARRASTA em campo não acerta um passe e ainda ser chamado de Craque(só se for a droga). Da tristeza de ver este time jogar,é a mesma coisa de ver o PAULISTA DE JUNDIAI.Saudades dos tempos em que se jogavam bastante pela lateral cruzando na cabeça de algum centro avante dentro da area,hoje tenho de aguentar um bando de retardado tocando a bola um para o outro na frente da area e ninguem chuta,querem entrar com bola e tudo.

DM disse...

O pior é que se o Grêmio for bem no Brasileiro e conseguir a vaga pra LA'12, a diretoria vai achar que está tudo bem e entrar em outra Copa com um time "abrasileirado".

Quanto ao Renato, não acho que a questão seja de renegar as origens. O Rio de Janeiro é que faz essa lavagem cerebral nas pessoas. Ele tem qualidades como treinador, mas não como treinador de Libertadores.

Pra ganhar La Copa tem que ser meio "psicopata", e as praias cariocas tem "dopamina" demais.

Cara Palida disse...

FEITO!!!! Snel!

Maaaassss "peraai" Snel. Quem???
Treinador gaúcho (disponível)?
Jogadores gaúchos (com fibra - disponíveis)???

Quem??????

Parafraseando: "Isso não ecxiste!"

Eu estou na campanha do "Fora Renato!" porque não compactuo com burrice!
Que tal o Dorival Junior?

Dá-le Grêmio!

Abr.,
Paulo

myra disse...

Acho um absurdo cara, voce menosprezar o fato do Gremio ser brasileiro. O Gremio não perdeu porque é brasileiro, pedeu pq não tem time e possui uma direção totalmente despreparada e omissa.
O Gremio sempre foi brasileiro, esse pensamento ofende os milhões de gremistas que não são gauchos, como eu, que sou do Maranhão.

Ou tu achas que o Gremio tem a SEXTA maior torcida do Brasil formada exclusivamente só de gauchos??? Que é isso cara?!?!?!

Gustavo disse...

Aho um absurdo voce menosprezar o fato do Gremio ser brasileiro.
O Gremio é brasileiro. Eu não sou gaucho, sou do Maranhão e esse pensamento ofende os milhoes de gremistas que não são gauchos.
Ou voce acha que a SEXTA maior torcida do Brasil é formada somente por gauchos???
Voce engana a si mesmo...
Parece que o Gremio é propriedade exclusiva somente dos gauchos?!
Sou socio-torcedor, amo Gremio, tenho que comprar o campeonato gaucho e brasileiro pela TV a cabo pra poder assistir o Gremio.
O Gremio sempre será gauho, mas também brasileiro. Por favor não despreze o fato de ter muitos gremistas não gauchos.

Snel disse...

Gente, um pouco de interpretação MELHOR do texto e vcs verão que não estou separando o CLUBE do PAÍS, e sim do jeito de jogar futebol. Só isso. Pois é HISTÓRICO e CARACTERÍSTICO do Grêmio, ou melhor, do futebol do Grêmio, uma forma diferente de jogar, mais castelhana/combativa/objetiva que a brasileira, firulenta, artística e tudo o mais. Simples assim.

Antes de jogarem pedras e me acusarem de xenófobo e separatista leiam com atenção o texto.

Marcos disse...

Perfeito O texto ...

Falta um nove rompedor, um zagueiro que imponha respeito, um volante bandido, meias chegadores e um time com alma, o gremio perdeu a alma castelhana ...

rodrigo.lima disse...

Não preciso de gaúchos no time. Muito menos castelhanos. Quero qualidade. Apenas. Bons jogadores, independente de sua nacionalidade ou naturalidade. Quero dirigentes PROFISSIONAIS e não os políticos que lá estão e estiveram. Quanto ao amigo que criticou o Douglas, é natural que ele erre mais, pois tenta mais. O jogo cai sempre nele, e o cara está sempre bem marcado.

Arthur disse...

Um fato de que este futebol típico brasileiro não ganha título é a Copa de 82, considerada a melhor seleção de toda história por muitos, mas que com esse grupo não ganhou nada.
Eu sou brasileiro, mas prefiro muito mais o estilo argentino de jogar do que o estilo brasileiro.