quinta-feira, 30 de junho de 2011

E a profissionalização?

Agora que o Renato tinha os contratados à disposição e que jogadores importantes voltaram de lesão, vem essa notícia da demissão dele. Até que me PROVEM o contrário, ele não pediu demissão e tampouco foi demitido pelo Vicente. Pra mim está bem claro que o Odone resolveu tudo por conta própria.

Num simples ato, ele demitiu um treinador, desautorizou todo o departamento de futebol, principalmente um dos seus vices, e rasgou todo o discurso de profissionalização da gestão que o ajudou a se eleger.

Me sinto um idiota por ter acreditado que, com alguém com o perfil do Odone no comando, seria possível ter um choque de gestão. Estamos tendo é uma gestão choque.

10 comentários:

@matiasR disse...

Compartilho da tua opinião. Não consigo aceitar que 4 partidas sem vencer e sem todos reforços jogarem, seja motivo de atropelar um planejamento.

Eduardo Marques disse...

Olha, eu acho que foi vontade dos dois, o Renato demonstrava claramente insatisfação na casamata, afinal insistir em alguns jogadores era claramente uma afronta a diretoria e a Torcida, sem contar o esquema tático mudando a toda hora, bom, vamos ver o que acontece no decorrer do dia. Mas o fato é que nosso Presidente tá dando uma de coitadinho.

Obs: Ainda acho que o Renato pediu demissão por causa do frio. =)

opaco disse...

Já eu, acho que um sujeito que, em nome do Grêmio, solta frases como "a campanha segue boa" e "por que tanto desespero?" deve não só ser colocado na rua como também ter a saúde psíquica seriamente questionada. Seria revoltante, não fosse assustador. Gostei da entrevista do Odone, pelo menos deu pra sentir alguma indignação, sobretudo com a coisa mais básica, e por isso mais grave, que é o fato do Grêmio apanhar de todo mundo em casa. vai tarde o Renato.
A'Bc".

Alex Rogério disse...

Populista, frio, ignorante, e/ou político. Ele só não honrou um desses adjetivos, achava que não teria audacia pra por o dedo em tudo isso agora, populista como é não deixaria que "seu filme queimasse", mas, TEVE! Inádimissível tal ato nesse momento; o feitiço deveria ser para o feiticeiro. Sem ideologia a "Renato idolo", mas não era o momento. Se o grupo está abalado, isso só tende à piorar com sua saída. Pode ser que o novo técnico de certo, mas isso será mérito somente dele se isso acontecer, poís, o que está acima do mesmo continua de uma incompetência incrível.

Luktio disse...

Concordo plenamente. No segundo tempo o time não jogou mal. Esta sempre desentrosado devido a mudanças por lesões. Com Lins e Viçosa no ataque também não dava, e agora com A.Lima e Miralles jogando, já vi um ataque bem melhor, apenas falta um pouco de entrosamento. Não concordo com o "pedido de demissão" do Renato.

Tom disse...

Você no mínimo está de brincadeira, num post vc desce a lenha no Renato que "errou" e que "o time está mal treinado" e agora vem se opor ? Cadê a coerência dos seus POSTs. Você merece o Odone que tem.

Snel disse...

Tom, o posto acima é meu, não do Minwer.

Felix disse...

Fala aí Minwer, Snel e rapaziada do blog!

Acho sim que o Renato errou. Mas creio que tinha muito mais crédito do que débito.
As invencionices foram circunstanciais, pela falta clara de qualidade do elenco. Sim, errou, mas como ocês mesmo disseram, e o planejamento - como fica...

Enquanto a diretoria e boa parte da torcida tiver essa miopia sobre gestão, empilharemos anos de escuridão. Moro em Curitiba e só pude ver 2 jogos no Olímpico esse ano e fiquei assustado de ver a cornetagem solta. É claro que irrita a forma como o time vinha se comportando, mas a quantidade de vaias DURANTE o jogo, além de não ajudar, ainda incentiva a Diretoria a tomar decisões mais precipitadas do que normalmente toma.

Tomo por base o sistema de gestão adotado pelo Coritiba desde início de 2010. Estão profissionalizando as bases, melhorando os CT's, criando cargos comissionados baseado na meritocracia e assim por diante.

Meu medo agora é: quem virá de técnico. Celso Roth, Adilson, Cuca...É essa miopia que nos levará ainda mais para o buraco.

Só me resta torcer, pelo simples fato de amar o Gremio, mas não acredito na melhora contínua no nosso clube, talvez lampejos de bom futebol.

Quero estar enganado!

Abraços
Felix

Snel disse...

Felix, a coisa ta mais feia que facada no cu. E não vejo muitas possibilidades alentadoras neste momento.

Arthur disse...

Agora não adianta lotar estádio, não adianta contratar o Felipão, nem Mano, nem Muricy, nem Mourinho e nem Guardiola.

Agora é só o time quem pode reverter esta situação, ganhando 2 jogos seguidos, por exemplo, pois a pressão é na direção e no time, ou Douglas não é alvo predileto de críticas?