sábado, 30 de julho de 2011

Coragem

Hoje a partida do Grêmio é importantíssima. Nosso clube está em crise e se afundando em sucessivos equívocos. Não são só três pontos, ganhar hoje é mostrar pra esse pilantra dentuço que o Grêmio é foda. Mostrar que essa camisa ainda tem tanta tradição, que faz até jogadores desinteressados jogarem muito. Precisamos torcer muito pelo Grêmio hoje.
Por aquele Grêmio que conhecemos. Por essa camisa que já impôs terror aos adversários.
Eu teria levado o Tarciso e o Yura na delgação. Pra mostrar pra esse grupo o que significa essa camisa. Hoje a gente precisa torcer muito, mas muito mesmo.
Porque só o time jogando bem e ganhando nos faz esquecer da pilantragem que rola no Largo dos Campeões. Precisamos de garra e de muita força. É chegar junto como se fosse o ultimo jogo. Dinho, queria muito que você estivesse em campo.

2 comentários:

Tarsis Salvatore disse...

Acho que foi aqui no Grêmio Libertador que alguém falou em ter estrela. Pois isso está em falta na Azenha.
O Grêmio começou jogando bem, e é visível que evolui, aos poucos. Mas não tem como sustentar resultado sem gols, sem causar desânimo às defesas adversárias, ou pelo menos botar medo.
A transição do meio para o ataque é lenta, quase parando. Se era para jogar no contra-golpe isso jamais devia acontecer.
Em 2010 vi o Grêmio marcar gol de contra-ataque em três toques. Hoje o ataque do Grêmio é fraco, quase nulo e o contra-ataque inexiste.
Chance de gols com o Lins? Sem jogadas pelas laterais?
Não vou culpar só o André Lima. Se ele marcou muitos gols antes é pq havia um esquema que o beneficiava. Agora joga isolado e o nervosismo conta. Confiança para o atacante é tudo. Ele tem que acreditar que é bom, que vai chutar e vai fazer.
Escudeiro está aos poucos jogando melhor, mas estamos MUITO atrasados nessa recuperação.
É uma pena porque vamos combinar que o time do Grêmio no papel não era para estar tão abaixo dos demais.

Mas o pior de tudo é que a lição que devíamos aprender (há anos!) não é aprendida: uma direção FRACA jamais vai fazer um time forte. Time vencedor começa pelos homens que dirigem o clube. Coisa que passa longe do Grêmio há anos. Uma lástima.

Rafa disse...

Ju, saudades de ver um post teu por aqui.

Mais uma vez chafurdamos na inércia e na letargia, e, para completar a fase de inhaca braba, até o Victor falhou bizarramente.

Saudades de tantos Tarcisos, Yuras, Dinhos, De Leóns, Airtons, Renatos, Danrleis...

Saudações tricolores, aqui do País vizinho.

Rafa