segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Nosso Senhor


O momento do Grêmio nesta maldita gestão do Nosso Senhor Presidente não poderia ser pior.

Primeiro, o Nosso Senhor Presidente arquitetou seu plano malígno para derrubar Renato e chamar de volta o seu bruxo Juarez. Depois, afundou o Grêmio em mais dívidas contratando um monte de gente que não vai resolver porra nenhuma. Como se não bastasse tudo isso, imprimiu ao Grêmio uma anarquia política digna de ditadura. Sei que essa anarquia já exisitia a tempos, mas o Nosso Senhor Presidente deu voz a muita gente, seja da oposição, seja da imprensa. E o que é pior: eles tem certa razão.

Mas voltando: não contava, o Nosso Senhor Presidente que, menos de 2 meses depois da saída de Renato, o SEU time estaria ainda pior nas mãos de quem, sinceramente, não sabe mais o que fazer pra melhorar.

Digo SEU time, porque esse é o time do Nosso Senhor Presidente. Não é o time que eu queria. Não é o time que o conselho queria. Não é o time que a torcida queria. E, acima de tudo, não é o time nós todos mereciamos.

Agora, a torcida gremista reza. E reza para um Nosso Senhor sabendo que ele não está ouvindo. Ele não é onipresente. E, com toda a certeza, não é onipotente (isso ele já provou diversas vezes).

E me perguntam muitos: "o que a gente pode fazer?" Eu digo: apoiar. Apoiar como se não houvesse amanhã. Apoiar porque esse é o time que tem e é com esse time que vamos terminar o ano. Acham que eu (o Dewes aqui) gosto de pagar todo mês pra ver na casamata um treinador que eu abomino? Sei o quanto é difícil, mas depois, lá em Dezembro, não adianta chorar. Não adiantam aquelas fotos nas capas dos jornais das lágrimas escorrendo pelo rosto pintado de azul, preto e branco. Não adiantam mesmo. É melhor fazer o futuro agora do que chorar o passado depois.

Domingo, todos no Olímpico, porque é isso que a gente pode fazer. Porque, se o Nosso Senhor Presidente não sabe o que lhe cabe, nós sabemos o que cabe à nós: vamos apoiar.

PRA CIMA DELES, GRÊMIO!

5 comentários:

Lucas Dornelles disse...

Excelente Dewes!
Com Juarez ou sem Juarez, com Odone ou sem Odone temos que apoiar o Grêmio SEMPRE.
Eu achava que pós 2009 jamais veria Juarez na casamata tricolor nesta vida, estava enganado. Quando o mesmo assumiu "profetizei" que não ganharia nem 5 pontos até o Grenal e em caso de derrota Juarez bateria o recorde com 3 demissões seguidas após um Grenal.
Por mais que odeie o Juarez, prefiro ver o Grêmio ganhar, seja com ele, seja com qualquer outro.

madruga disse...

o pior eh tudo isso nao chega nos ouvidos dele... e si chega ele nao ta nem ae pra nos gre4mistas...

Daniela disse...

É isso aí, apoiar durante o jogo e no final, independente do resultado, vaiar e pedir a saída do Presidente. Imagina trinta mil pessoas gritando juntas FORA odone, só assim, quem sabe, ouçam nossa voz.
Força GREMIO.

Tarsis Salvatore disse...

O Odono não vai sair e todos vocês sabem. O time, no papel, nem chega a ser o pior do mundo.
Agora falta uma coisa que se chama coragem, outra chamada COMANDO e finalmente (talvez a mais importante) outra chamada VERGONHA.
Minha sugestão (sério): rezar pra Sta. Rita. Foi ELA quem salvou a macacada de cair. Há de nos amparar tb.

Fagner disse...

Tu quis dizer "Santa Rica", né Tarsis? Porque goleirinho pulando para o lado oposto ao lado para onde a bola foi chutada do meio do campo é duro de engolir...

Saludos,
Fagner