terça-feira, 2 de junho de 2009

Alternativas para o Autuori

Gostei do esboço sugerido pelo Fagner. Só tenho medo de duas coisas: a imaturidade TÁTICA do Douglas e uma POSSÍVEL puxada de tapete do Souza.

"Eu experimentaria, para o próximo jogo, um outro 4-4-2: Grohe, Souza, Réver, Léo e Thiego; Adilson, Túlio, Tcheco e Douglas Costa; Maxi e Mineiro.

Assim fica o Thiego na lateral esquerda (já jogou ali com o Mano Menezes) e o Souza na ala, pois aí ele é obrigado a passar.

O Douglas ficaria fazendo a função que o Lúcio fez, abrindo pela esquerda para o nosso "terceiro zagueiro" não passar do meio campo (como o Roger fazia). Um volante cobre o Souza e podemos jogar com três na criação (pois é o que o Autuori está tentando fazer com o Ruy).

Só idéias.
A nós, torcedores, resta isso: torcer.
Saludos,Fagner"

E também tem outra coisa: A IMPRENSA VERMELHA E OS TORCEDORES AMENDOIM não vão conseguir ver que o melhor lugar para o Souza é mesmo a lateral... pelo menos enquanto ele NÃO APRENDER A SOLTAR A BOLA.

6 comentários:

Márcio C. M. disse...

Por mim o Souza pode jogar ali pela ala mesmo, alambrado!

Lucas Dornelles disse...

Ano passado eu já tinha dito isso, depois que o souza virou titular absoluto e incontestável, além de "referência técnica" da equipe, o time desandou e entregou o brasileirão.

Souza é um bom jogador, mas não pode ser referencia de time nenhum. E digo mais, ele some do jogo mais que o Tcheco quando a coisa aperta e nem de longe é um líder de uma equipe.

o Douglas merece essa vaga a tempos.

San Tell d'Euskadi disse...

Acho que, bem treinada, poderia funcionar bem (3-4-3):

Victor; Réver, Leo e R. Marques; Túlio, Tcheco, D. Costa e Souza; Jonas, M. Lopes e Herrera.

Marcação pressão; velocidade na transição para o ataque; fim do isolamento ofensivo.

PARA DENTRO DELES!

Suicídio?

P.S.: Uma variação seria com Souza na ala-esquerda, Tcheco como enganche e Makelelê ou Ruy na ala-direita, caso D. Costa não se mostre preparado para a tarefa…

P.P.S.: Pode virar 4-3-3, sem alterar a equipe, recuando-se os alas e passando o Réver para o meio; ou 4-5-1, acrescentando-se os dois avantes na meia-cancha; ou 4-4-2, com o recuo do ala-direito para a lateral, e um dos atacantes para o meio.

TiagoR disse...

Sei não, San Tell... acho que a nossa turma não tem as características prum 3-4-3...

Lucas Dornelles disse...

3-4-3? Concordo com o Tiago que esse não seria o esquema ideal pro grupo atual do Grêmio.

O 3-5-2 atual seria um baita esquema se o Grêmio jogasse com o Souza na ala direita e o Douglas na meia esquerda. Teríamos jogada forte dos dois lados.

Um ataque argentino com Herrera e Maxi também cai bem. Jonas e Alex Mineiro não estão rendendo.

San Tell d'Euskadi disse...

A idéia é manter os 3 zagueiros, pois funciona com os nossos 3, e bem, e há tempos. Um esquema com 3 atacantes só funciona se eles pressionarem a saída de bola do adversário, e o trio Jonas-Herrera-Lopez é totalmente capaz disso (se bobear é o que fazem de melhor).

Defesa e ataque arrumados, o problema estaria somente no meio. Mas, nesse pponto: Túlio é cabeça-de-área; Tcheco sabe fazer o flanco-direito ou a ligação; e Souza sabe fazer qualquer flanco e a ligação. Sobraria APENAS UMA posição em aberto!

Deixei algumas opções acima que podem funcionar...