segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

O negócio...



O negócio é seguinte: Se lembram quando o Grêmio quis negociar o Jonas com o Goiás, em troca do lateral aquele que afundou no Palmeiras? Sim? Bom, aí, rolou que o Jonas se sentiu um BOSTA ante a direção do tricolor naquela época, a fatídica Era Meira (bata na madeira, 3 vezes). Aí, pra renovar com o PIOR ATACANTE DO MUNDO, foi uma novela (pra variar). Jonas então ganhou um novo salário (bem alto) e exigiu, uma multa baixa pra saída. Então, foi o que houve.

Jonas foi importante no Grêmio? Foi. Mas nem de longe o melhor jogador do mundo, bem como eu sempre o critiquei, sempre o achei ruim. Não considere isso um oportunismo, procure meus antigos posts aqui no blog e verá isso. Ele fez muito gols ano passado, foi importante e tal. Creio que o Grêmio, com Borges e o André Lima, e tendo o Viçosa e o Clementino como imediatos, tem tudo pra dar certo na LA'11. E ainda contamos com o tal do Lins, que ao meu ver entrou bem ontem contra o Guajuiras F. C.


Voltando ao Jonas, convenhamos que o seguinte: a cagada toda é das duas direções. Com a primeira que fez um contrato LIXO com o jogador, o tratando como um idiota e na iminência de perdê-lo prum time da Grécia, fez um novo contrato estipulando uma multa baixa (exigência do jogador). Aí, tudo beleza, mas a mágoa do Jonas com a direção ficou ainda do episódio Goiás. Aí, entrou uma nova direção, que envidou todos os esforços possíveis pra trazer o TRAÍRA. Deixando os outros subjects pra depois, o que se revelou um erro. Mas enfim, o que resta agora é lamentar.

E pra consertar isso tudo vai demorar, mas tenho certeza que vai acontecer. Quarta tem jogo importante e temos que nos focar nisso. Vamos, Grêmio!!

4 comentários:

Alexandre disse...

Mas quando é que as sucessivas direções do Grêmio irão deixar de ser amdoras e incompetentes? O Vicente é tão ridículo e incompetente quanto foi o Meira e tantos outros dirigentes de merda que só afundaram o clube em dívidas e pagaram micos mundiais. O Vicente já tá pagando o 3º mico em 20 dias de trabalho. É muita burrice e incompetência juntos. O mais honesto seiria ele pedir demissão ao Odone.

Stivie disse...

DIREÇÃO QUE NÃO CONTRATA + MERCENÁRIOS = 10º ANO CONSECUTIVO SEM TÍTULOS

depois ainda tem a cara de pau de pedir apoio a torcida,se o grêmio ainda disputa alguma coisa é pela lealdade da geral do grêmio que empurra o grêmio em qualquer situação,chega de pedir nosso apoio,tá na hora da diretoria fazer alguma coisa,AMADORES,isso que eles são !!!

será que é tão dificil assim contratar? esses dirigentes é que SÃO BURROS ! Elias do atlético-go,Elkesson do Vitória,Formica...todos bons jogadores de meio-campo e de fácil contratação.Mas as diretorias do Grêmio SÃO CEGAS E BURRAS.Iriam pagar 1,2 milhões pro Ronaldinho? 600 mil pro Jonas?e ainda dizem que não tem dinheiro,caras de pau !

..... disse...

Snel, para refrescar a memória, o Jonas, na época o "pior atacante do mundo" (eu, ao contrário de ti, sempre achei ele importante para o Grêmio e ponho na conta do empréstimo dele para a Portuguesa perdermos o Brasileiro de 2008), queria um contrato longo com o Grêmio, de três anos. A direção queria só um. A contra-proposta dele foi, então que se baixasse a multa rescisória - mas a multa do futuro contrato. Na prática, houve mesmo é um aumento da dívida. Quem quiser olhar as notícias do ano passado vai ver que, quando houve a sondagem do AEK, a multa era de 1 milhão de DÓLARES - ou seja, menor que os valores que ele pagou para sair. Mesmo assim, incompetência da gestão do Duda. O maior erro de todos os tempos.

Agora, isso que o Odone vem dizer, dos 600 mil por mês, é uma reedição do Guerreiro quando o Traíra foi embora - já que não vai aceitar mesmo, dou um chute lá em cima e não me queimo. O que me leva a essa óbvia conclsuão é que o Grêmio NÃO RESPONDEU a contra-proposta do irmão dele quando foi apresentada, ainda na quinta. O melhor jogador do Grêmio disse o quanto queria para ficar; essa era fácil, aceita e deu. Bate o martelo e acabou. O Vicente queria fazer "o negócio do ano", renovando por uma ninharia. Não conseguiu, por pura incompetência, e atirou a culpa no mais fácil, que era o jogador.

O Jonas fez exatamente o que eu disse que faria. Foi embora. Pode ser que o Lins dê certo, torço por isso. Mas eu, que já não gostava do Odone (como meus comentários anteriores aqui provam), agora não quero ver ele nem pintado de ouro. Se tava difícil a renovação, chamava a torcida, e dizia que existia o risco de perder o cara. O "fica Jonas", morreu na casca. Não deram oportunidade nem da torcida implorar para que ele não saísse, como fez com o Victor (que funcionou) e com o Jeovânio (que não deu certo). Isso é inadimissível. É muita burrice. E jogar a culpa no jogador é muito rasteiro. E foi a segunda vez que ele fez isso (lembrando que na vez do Roger, o ODONE não quis cláusula de rescisão para poder mandar ele embora se não rendesse). Isso não é respeitar jogador.

Pela primeira vez em muitos anos, eu estou com medo dos próximos dias.

Saludos,
Fagner

Snel disse...

Aí é que tá Fagner, justamente como escrevi no texto, culpa das duas direções. Te confesso que ta ficando difícil isso tudo.