quinta-feira, 17 de março de 2011

Algumas correções

Insisto que não estou fazendo o papel de advogado do diabo, mas sem ter todos os contratos (e números) nas mãos, fica impossível dizer se esse negócio com a Globo foi bom ou ruim. Porém, três informações divulgadas nesse mesmo blog não procedem, por isso escrevo esse post.

1- O contrato atual repassa do Grêmio R$18mi/ano, o que dá R$1,5mi/mês, e não R$28mi.

2- O Grêmio não recebe 10% do contrato do C13. Isso se percebe através de um simples cálculo: Grêmio, Cruzeiro, AtléticoMG, Inter, Botafogo e Fluminense estão na mesma faixa, ou seja, receberiam juntos 60% dos valores. Os outros 40% seriam divididos entre SP, Palmeiras, Corinthians, Vasco, Santos, Flamengo e demais integrantes? Nunca.

3- O contrato assinado com a Globo é por TRÊS anos (2012 a 2014), mesmo período licitado pelo C13.

UPDATE: informação oficial é que o contrato é realmente de 4 anos.

Da mesma forma que dizem que o Odone tem interesses escusos, muito mais gente que alimenta a imprensa também tem. Cuidado com tudo o que se lê (fora dos contratos) e se ouve.

Ainda faltam informações e elas devem aparecer logo, logo. Portanto, calma e foco no que importa até as 19h*

HOJE TEM JOGO DE LIBERTADORES.



(horário do fim do jogo)

8 comentários:

Ezequiel disse...

Contrato do Grêmio é de 4 anos...
até 2015!

http://www.gremio.net/news/view.aspx?id=12246&language=0

Minwer disse...

ERRO MEU.

Confirmei agora com alguém dentro do Grêmio e o contrato realmente é de 4 anos.

Valeu, Ezequiel.

Bruno Ilha Cirolini disse...

http://ccsp.com.br/ultimas/noticia.php?id=51336

VIA CCSP

O Grêmio foi o primeiro clube a anunciar que fechou com a Globo

Pelo acordo, o clube gaúcho receberá R$ 47 milhões por temporada. De luvas, serão pagos ao time R$ 30 milhões, a serem descontados nos quatro anos de contrato com a emissora.

No último acordo, o Grêmio recebia anualmente cerca de R$ 22 milhões.

Diferentemente do que era proposto pela licitação do Clube dos 13 --contrato pelo triênio 2012-2014--, a Globo acertou com todos os clubes por quatro anos (2012-15).

A reportagem apurou que o contrato firmado com o Grêmio é o mesmo que a Globo apresentou para Fluminense, Cruzeiro e Botafogo.

Em um patamar acima desse estão Vasco, Palmeiras e Santos. Já Corinthians e Flamengo receberão valores ainda maiores da emissora.

Fagner disse...

Minwer, não te acanha em passar mais dados, não é ser advogado de ninguém. A gente debate o Grêmio, então fique sempre à vontade para fazer qualquer correção.

Porém, quanto ao item 1, o balancete do Grêmio do ano passado aponta uma verba de TV de 21,8 em setembro, 16,3 milhões em junho de 2010 e 9 milhões em março (http://www.gremio.net/downloads/contas_de_resultado_set2010.pdf). Mesmo sabendo que é um grande mistério como são feitas as coisas com a Globo, esse número que tu apresentou não está fechando. De qualquer maneira, mesmo que seja valor anual, o contrato do C13 ainda parece melhor do que o dobro hoje.

Porém, mais uma vez, concordo contigo: não dá para ficar ouvindo a imprensa. Por isso gostaria de ver ele esclarecendo isso pro CD, em reunião fechada, sem imprensa, revelando o motivo da pressa. E esse é o meu motivo de pressão.

Saludos,
Fagner

TiagoR disse...

TEM que passar pelo CD. Não tá no Estatuto?

Abaixo o canetaço, viva a transparência!

Minwer disse...

Fágner, TV não é só Globo/Brasileirão. Tem RBSTV (umas 4milhas) e os valores da Sulamericana, fora os amistosos jogados ano passado (lembro do Avaí e Nacional-URU)

Russell essa questão, juridicamente falando, tem várias interpretações. Uma que li, de outro conselheiro, Edson Berwanger, que é:

"O contrato com a televisão é de competência exclusiva do Conselho de Administração. O estatuto é claríssimo. Contrato novo, novas receitas" e "Um contrato novo, para novas receitas não se enquadra nas previsões e inteligência do artigo"

Além disso, o presidente do CD, Raul Régis, participou de toda a negociação e caso fosse necessária a anuência do CD ele deveria ter se pronunciado.

Provavelmente após o jogo vou dar uma passada no Olímpico pra ver a revisão do P.E. e conversar com o Régis sobre o contrato. Quando tiver mais informações com dados oficiais, posto aqui.

Abs

Fagner disse...

Minwer, vou ficar aguardando informações, se possível. Caso não seja, pelo menos aguardo um "podem ficar sossegados, foi realmente o melhor". Enquanto essa mensagem não vier de uma fonte confiável, vou continuar me escabelando aqui.

Quanto à nossa "Carta Magna", eu já comentei isso, não consigo entender o estatuto do Grêmio. Não discuto a interpretação desse Edson, mas não vejo clareza nenhuma. Na verdade, acho o nosso estatuto uma zona. Parece que foi feito aos pedaços.

Saludos,
Fagner

Fagner disse...

Tiago, como eu coloquei no post "Para que serve um estatuto" (http://gremiolibertador.blogspot.com/2011/03/para-que-serve-um-estatuto.html), eu achei "concessão" apenas em um artigo, e esse é de atribuição do Presidente do Grêmio, e não do CA. Diz lá que o CA pode tomar todas as atitudes que quiser para administrar o Grêmio, sem especificar. Dado isso, para mim, é "claro como água" que, como diz o artigo 65, n.II do estatuto: casos omissos serão responsabilidade do CD.

Assim, para mim, o estatuto é uma zona.

Saludos,
Fagner