quarta-feira, 27 de abril de 2011

Por que o pânico?

Só uma palavra pode definir o que tenho visto entre os torcedores gremistas: Pânico. O recalque de quase uma década agora desfila pela internet, pelos comentários, pela descrença generalizada. Não estou aqui para dizer que está todo o mundo errado, mas alguns comentários estão mais difíceis de engolir do que os últimos resultados do Grêmio.

Estava no Olímpico ontem e sabe o que eu vi? Um dos melhores jogos do Grêmio no ano. Mesmo tomando dois gols e perdendo em casa. Ninguém percebeu ainda que enfrentamos de igual para igual o melhor adversário que tivemos em 2011? Que esse time é forte na marcação, usou bem o juiz que deixava o jogo correr e era muito inteligente para ficar com a bola usando só um toque? É difícil de ganhar disso, mesmo em onze contra onze. Mas o desespero que assolou os jogadores no fim do jogo, mais uma vez ajudado pela torcida, fez com que o resultado fosse o pior possível. Com calma e jogando bola, sem desestruturar o sistema, as coisas seriam outras.

Era um empate, com um a menos. Para que se jogar para cima? Qualquer empate acima de um gol dava a vaga fora. Faltou inteligência ao Renato (e para a torcida) para ver isso no jogo. Meter um monte de atacantes depois do gol de empate foi burrice contra um time que é ótimo no contra-ataque. O jogo foi aberto, tivemos chances, mas, pela ausência do Borges, muitas bolas pingavam na frente do gol e ninguém botava para dentro. O Douglas fez a melhor partida dele pelo Grêmio. Tivemos muitos aspectos positivos além dos negativos. Tem que lembrar disso também.

Temos o que melhorar? Certo que sim. O Grêmio do Renato não bate. Sem bater, sem chegar junto, não rouba a bola. Então tem que ficar com ela. E não é com três volantes que se faz isso. O Neuton não podia fazer a sobra; essa função era bem desempenhada pelo Marques no ano passado. Por que dar para ele a função do bote? O Gílson é ruim. Por que insistir? Faltava alguém para fechar o ataque com o Leandro. Por que não entrar com um meia agudo no segundo tempo ao invés de um atacante? O Renato é teimoso e o time só foi arrumado no ano passado em função de uma série de contusões e acasos. Não precisamos de um milagre para fazer dois gols nesse time fora de casa. Temos bola para isso. Mesmo sem o tal "espírito copeiro", podemos ganhar na bola desse time. Desde que o nosso treinador deixe de lado algumas das suas teimosias.

E mais uma coisa que me irrita: Odone, se tu não concorda com o Renato, para de encher o saco e manda ele para a rua. Seja homem. Perder a próxima eleição tem que ser a última das tuas preocupações. Dar letrinha em rádio é coisa de guri de merda. Nenhum presidente que se preza fala mal de seu treinador no rádio.

16 comentários:

Ricardo disse...

Pânico eu nao tenho, mas tenho os pés no chão pra perceber que o time está muito errado.

Ataque é praticamente inexistente, Borges não vem jogando nada faz tempo, única coisa que sabe fazer é aquele giro, que agora toda vez da errado ou marca falta. Não volta pra ajudar.

Lateral esquerda também não existe, Gilson é ruim até pra ser banco desse time, quem dirá titular. E a zaga é burra, marca mal e não preciso nem comentar sobre a terrível bola aérea.

E o pior de tudo, somando-se a esses erros, e a atitude do time em campo. Tentando cavar falta o tempo todo, o time virou adepto ao cai-cai, vergonhoso. Talvez essa "técnica" funcionasse no Brasileirão, onde os juízes sao patéticos. Mas quando pega um juíz decente, como o de ontem, deixa o jogo rolar (como tem que ser) isso nao funciona. Então nao adianta culpar o juiz pelo mal desempenho, a culpa é dos jogadores mesmo.

E como tenho os pés no chão sei que o Grêmio pode reverter o resultado sim, não é a toa que nosso time é chamado de IMORTAL. Só que tem que jogar no espirito de Libertadores, ficar simulando falta, e tentar fazer joguinho bonito nao vai funcionar. É bola no pé, jogo simples, sem firula, jogo OBJETIVO.

Esse time é técnicamente melhor que o de 2007, e pq aquele time chegou até a final e esse sofreu até pra passar da fase de grupos? pq esse elenco nao tem pegada, nao tem raça e falta amor a camisa de grande parte do elenco. Se o time for eliminado quero ver quantos vao sair com lagrimas nos olhos, poucos.

Mas eu acredito. VAMO GRÊMIO! Vamos provar pq somos IMORTAIS!

Juliana de Brito disse...

Fagnar, favor, tentar uma conversa em particular com o Renato para repassar esse texto.

TiagoR disse...

Perfeito. Mas eu desanimei. Acredito que dá pora passar pelo Chile, mas tem coisa pra mudar no vestiário. Se o Renato ler esse texto, talvez arrume alguma coisa ;)

Snel disse...

Creio que o ponto em que todos concordamos é a falta de CANCHA que o Grêmio tem exibido. E também no fato que o Gílson e o Rafa Marques DESTOAM, pra não falar coisa pior.

Entretanto, a ruindade deles CONTAMINA o restante do grupo, e principalmente a torcida, que fica INSANDECIDA (quase briguei com um AMENDOISTA ontem).

Reiterando, concordo contigo, porém, duvido que o Renato vá com o Neuton na esquerda. Apesar de ele ser muito inteligente, tem o péssimo hábito do BRUXISMO.

A ver.

R!CARDO disse...

"Melhor partida do Douglas"????

A melhor partida dele foi contra o Corinthians, ano passado.

O cara é muito bom, desequilibra sempre e tudo mais... mas ontem DE NOVO ele perdeu a bola, ficou PARADO e a gente tomou o gol.

Exatamente como foi com o Gilson e o lado esquerdo INEXISTENTE ontem no 1º tempo.

Pra mim ele é titular incontestável, mas deveria aprimorar isso. Assim como o Adílson e os TIJOLOS que ele larga pro resto do time e ninguém consegue dominar.

Alguém me responde 2 coisas?
1 - PQ o Rodolfo não jogou?
2 - Cadê o Vilson?

No mais, acharia melhor a derrota por 1x0 do que como foi ontem.

Arthur disse...

Não é panico, mas é que não teremos o Lúcio, o único do meio que dava agilidade e velocidade no meio, não teremos um Centro-avante de ofício, e o Rafa Marques é adepto a um futebol cheio de gols, para ambos os lados.
O time foi guerreiro por buscar o empate com um a menos.

Mas se analisarmos no jogo todo, não tivemos UMA chance clara de gol, foi apenas num lance brilhante do Douglas que chegamos ao gol.

Mas enquanto o Grêmio existir, não duvido de nada dele, tanto pro bem quanto pro mal.

Ricardo disse...

R!CARDO,

Rodolfo nao jogou pq de uma forma muito ignorante no ultimo jogo (contra o Oriente Petrolero) tomou um cartão vermelho quando o jogo já estava perdido. Mais uma vez mostrando a falta de preparo emocional desse time. Total falta de preparo e experiencia pruma Libertadores.

Espero que depois de tanto apanhar (em todos os sentidos) aprendam o espirito dessa competição, pra revertermos o resultado semana que vem.

Marcelo disse...

Resposta pro Ricardo:

"1 - PQ o Rodolfo não jogou? "
Porque foi expulso no ultimo jogo.
"2 - Cadê o Vilson?"
Está machucado.

Antes de criticar o time, pelo menos procura te informar melhor do acontece com o TEU time.

Fagner disse...

Arthur, não tivemos uma chance clara de gol (embora eu considere o milagre que o goleiro deles fez no final do primeiro tempo, na falta do Douglas, uma chance dessas) porque faltou o cara para arrematar. Se o William Batoré estivesse em campo, teríamos mais que eles. Eles são bons, mas podemos ganhar deles pelo que mostramos ontem.

R!cardo, o Douglas chamou o jogo para ele, aparecia o tempo todo, deu carrinho no ataque, levou diversas vezes a bola sozinho no ataque. Não jogou tanto assim contra o Corínthians. O dia que um meia não errar passe algum, então chama os militares, porque ele é um ET. Outra, os "tijolos" do Adílson foram porque não tínhamos ninguém para sair com a bola. Três volantes foi burrice.

Ricardo, o time só está muito errado em função da insistência do Renato. Acho que não precisa muita coisa para arrumar o time. E, em vários momentos, não foi "cai-cai". O Leandro não aguenta no corpo. Nem o Lins. Tampouco o Escudero. Nessas horas a Barbie faz falta.

Snel, concordo, faltou cancha. Era muita gurizada.

Saludos,
Fagner

G Vermes disse...

Eu concordo em absoluto com o texto, também vi isto. Gostei do jogo e não achei um desastre (fora o resultado). Também acho que ficar colocando atacante e tirar gente de trás (ainda que este seja o Gilson) é pra tirar o time deles de bobo (o que de nada tinham). Isto é coisa pra gauchão mas NÃO SE FAZ ISTO EM LIBERTADORES RENATO!

O Carlos Alberto e o Escudero estão querendo mostrar serviço, talvez eles tenham a tal gana que o Snel tanto pede. Mas não tem como fazer isto com 5 minutinhos, os caras querem fazer tudo neste tempo não dá! É como dar amendoim pra quem tá morto de fome.

Sobre o Borges tenho minhas opiniões diferentes da maioria (fora a macumba em cima dele), mas eu também concordo que desta vez foi demais e ele voluntariamente foi para o banco de reservas, justo.

Vou dizer o que disse no outro blog do grêmio: Para mim a derrota foi misto de SORTE (batiam a bola em todo mundo e voltava pro pé deles + COMPETENCIA (eles são bons mesmo) + JUIZ (Tchê, muitos caras ficaram com aquele SEGUNDO AMARELO engasgados).

Belíssimo texto e Dá-LHE GRÊMIO!

PS. Para mim o Rodolfo também tem de ser punido igual o BORGES.

Coimbra Jones disse...

Sinceramente, acho difícil o Gremio ganhar o jogo da volta contra o U. Catolica. Sou totalmente realista. Borges não dá mais! A zaga tá uma piada! Meio de campo precisa ter mais inteligência. E posso citar poucos da atual equipe, que valem a pena investir (aposto somente em Leandro, Rockembach, Adilson, Gabriel, Lucio, e trabalharia, dando chance ainda para, Douglas e Collaço) o resto do grupo tem que substituir, não adianta! Essa é minha opinião e respeito a opinião alheia.

Arthur disse...

Que dá pra ganhar, dá, mas ainda teremos desconfiança...
Que o Renato não é um grande técnico todos nós sabemos, mas ele entende a cabeça do jogador, vamos ver se ele vai conseguir trazer um acréscimo para o próximo jogo...

Adílson, como já citaram aqui no blog, é o cara da destruição, não da criação, querer ambos dele é o mesmo que querer contratar o Messi. O argentino, que não jogou bem até agora, merece mais chances, pois sabemos que ele tem futebol pra isso. Ah, tem a volta do Viçosa que tem jogado bem até.

Secéu disse...

Realmente, o torcedor gremista está em pânico sim... temos claras chances de ganhar, mas como já foi falado aqui, com futebol de verdade, não com o "cai cai" que se mostrou ontem, nem com o Marcelo passando a impressão de que estava contra a parede, uma tentativa desesperada de mostrar serviço. Ataque demais e pouca defesa, num time que era bom em contra-atacar, e foi o que fez. O Grêmio foi clássico, entrou em campo decidido e (como muitas vezes acontece) foi murchando, murchando... e no final, aquele show de desespero.

Mas enfim, marca registrada de ser tricolor gaúcho é a esperança, acreditar até o último milésimo de segundo, simplesmente porque sabe que o Grêmio se supera, muitas vezes negativamente, é verdade. Mas quando o faz positivamente, entendemos o porquê do apelido IMORTAL. ;)

Josué Antonio disse...

Evitei me manifestar durante algum tempo em blogs ou mesmo conversando com amigos justamente porque todos estão demonstrando um imenso pessimismo, mas, não sei. O que eu vi ontem foi um time que só não venceu o jogo porque um tampinha de 30 e poucos anos que não deveria mais ser centroavante porque não é o Romário (nem tem a cancha que o baixinho tinha) inventou de meter o cotovelo na cara do chileno.

Digo mais, sem o Borges, com 11 em campo e sabendo que tem que fazer gols, o Grêmio vai ganhar em Santiago. O meu medo é o fator "defesa", que espero que com o retorno do Rodolfo (que ainda deve ao futebol que falavam) e, possivelmente, do Vilson, tudo isso seja resolvido.

Pra cima deles.
Sim, é uma década amarguenta, mas estamos vivos nessa Copa. Nessa Libertadores. Somos ou não somos de Grêmio?!

Ricardo disse...

Só acho que o Grêmio não sangue nos olhos, ainda não posso acreditar que deixaram aquele pisão na cara do rocka assim, nossa o cara tava com o lábio cortado e 2 furos no queixo e NINGUÉM dei um peitaço naquele bandido.

Falta brio falta tesão, falta por o coração na chuteira, sentimento de matar ou morrer, Grêmio tem que ser Grêmio tem que da carrinho tem que pegar tem que chutar.

SÓ EU QUE PERCEBI QUE O GRÊMIO NÃO BATE EM GOL? QUER ENTRAR COM TOQUEZINHOS COM BOLA E TUDO..NÃO DÁ. EPAREM DE BATER ESCANTEIO A ALTURA DE CANELA :T

Despluggado disse...

Assisti ao jogo ao lado do Fagner, como de costume, e concordo com ele em praticamente tudo, o que definitivamente não é costume.
O time em si fez uma das melhores partidas do ano, devido principalmente ao meio campo, que terminou o jogo pisando na língua de tanto correr. Douglas e Rocka deram aula.
Houve a jogada pelo flanco direito, com Gabriel, por haver Magrão e Leandro mais à frente.
O mesmo não se pode dizer do lado esquerdo, mas isso já era esperado, infelizmente.
E, claro, esta análise vai até a expulsão. A cotovelada evangélica de Borges, em nome de Jesus, fodeu divinamente com tudo. O coitado do Leandro ficou correndo feito uma barata tonta lá na frente, parecendo o chinês solitário na Praça da Paz Celestial contra os tanques do governo.
Enfim, que dá, dá....Mas acreditar que o marido fiel vai matar fora de casa tá difícil. Ainda mais uma puta velha.